Polêmica
Atualizado em: 26/04/2011 - 7:12 am

O senador Roberto Requião (PMDB/PR) no gabinete.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) arrancou um gravador das mãos do repórter Victor Boyadjian, da Rádio Bandeirantes, durante entrevista realizada nesta segunda-feira (25). O ex-governador do Paraná falava sobre medidas antiinflacionárias quando o repórter quis saber se, caso o governo do estado implementasse uma política de contenção de gastos, ele abrira mão de sua aposentadoria vitalícia (R$ 24.117,62).

Irritado, Requião tomou o instrumento de trabalho da mão do jornalista. Momentos depois, o senador devolveu, através de uma assessora, o equipamento arrancado do jornalistas, mas sem o cartão de memória em que a gravação da entrevista estava registrada.

O bafafá
A entrevista seguia em tom cordial e Requião já havia falado sobre medidas antiinflacionárias e orçamento até que o repórter decidiu questionar se o ex-governador abriria mão da pensão vitalícia para ajudar no ajuste das contas públicas.

“Por que eu abriria mão. Essa pensão no Paraná existe há 40 anos. Todos os ex-governadores recebem. Recebe a mãe do Beto Richa, que é governador do Paraná; (…). E eu recebo essa pensão porque, durante o governo em que eu chamei de ladrões os que haviam roubado o erário, predado [sic] o patrimônio do estado do Paraná, e como eles não tinham sido condenados, eu passei a ser condenado em multas porque os ladrões ainda não tinham sido condenados em instância final. Estou usando essa pensão para pagar as multas que me foram injustamente impostas”, justificou Requião.

Mas o repórter insistiu em saber se não seria o caso de abrir mão da pensão para ajudar a equilibrar as contas do Paraná. Foi então que o senador mostrou toda a irritação diante do questionamento. Tomou  gravador e no fim do bate boca ameaçou o repórter:

“Você já pensou em apanhar, rapaz?”, bradou o senador.
–  “Calma, senador”, pediu o jornalista.
“Vou ficar com isso aqui. Não vai mais desligar porra nenhuma”, completou Requião

Twitter
O senador evitou comentar o assunto, mas diante da repercussão usou seu perfil do Twitter para justificar a atitude.

“Acabo de ficar com o gravador de um provocador engraçadinho. Numa boa, vou deletá-lo.”

Gravação
Horas depois, Requião voltou a se manifestar pela internet e postou a gravação “arrancada” do repórter no próprio site.

“Não me acusem de censura. Aqui a entrevista que eu não quis que a Band divulgasse. É minha, divulgo eu, na íntegra e sem edição”.

 Para ouvir a gravação, clique aqui.

 Sem queixa
O jornalista ainda tentou registrar queixa, mas os policiais do Senado se recusaram afirmando que não poderiam registrar ocorrências contra parlamentares.

 

Com informações do Congresso em Foco e do site oficial do senador Requião.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home