ALEC, Fortaleza, Greve
Atualizado em: 12/03/2012 - 3:19 pm

Agentes de saúde e endemias durante protesto na Assembleia. Foto: Kézya Diniz

Agentes comunitários de saúde e de endemias de Fortaleza participaram de um protesto na manhã desta segunda-feira (12), na Assembleia Legislativa.

Os servidores municipais chamaram atenção ao entrar de surpresa no pátio da AL exibindo cartazes e gritando palavras de ordem contra a Prefeitura de Fortaleza. A segurança da Assembleia foi rapidamente acionada, mas não impediu o protesto pacífico.

Em greve há 46 dias, os agentes comunitários de saúde e endemias cobram, entre outro pontos, reajuste salarial e melhores condições de trabalho.

Reivindicações
Os servidores pedem aumento de 30% sobre o salário mínimo, além de outras condições consideradas básicas por eles como salário família, vale transporte, vale alimentação, fardamento e protetor solar.

Leia mais:
Agentes de endemias impedem passagem na Secretaria da Saúde

Agentes de saúde e endemias fazem caminhada até o Paço Municipal



0 comentários







0 comentários
Topo | Home