Congresso
Atualizado em: 04/05/2011 - 7:02 pm

Senador Demóstenes Torres (DEM/GO).Foto: Agência Senado

 

Aos gritos, o líder do Democratas rasgou um documento que tinha em mãos e abandonou o Plenário em protesto.

Veja o que diz a matéria do Congresso em Foco sobre o rompante do senador Demóstenes:

A insatisfação dos senadores em relação ao excesso de medidas provisórias levou há pouco o líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres (GO), a rasgar – e jogar ao chão – um documento que tinha em mãos no plenário.

Aos gritos, Demóstenes protestava contra a Medida Provisória 513/10, em 19 de abril alterada com alterações na Câmara e, justamente por isso, transformada em Projeto de Lei de Conversão 9/11.

A matéria autoriza Fundo de Compensação de Variações Salariais (FCVS) a assumir direitos e obrigações do Seguro do Seguro Habitacional do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), mas reúne outros três temas no texto enviado em novembro ao Congresso.

“Nós vamos abandonar o Plenário do Senado em protesto contra a posição do Senado em chancelar medidas provisórias”, avisou Demóstenes, dirigindo-se aos gritos ao presidente do Senado, José Sarney (PPMDB-AP), depois de jogar os papéis rasgados ao chão.

Não por coincidência, a Comissão de Constituição e Justiça decidiu, em reunião realizada mais cedo, adiar a apreciação do projeto que altera o rito de tramitação de medidas provisórias.

Fonte: Congresso em Foco.

 O senador Demóstenes Torres (DEM/GO) protagonizou uma das cenas mais inusitadas dos últimos dias no Senado Federal.

 



0 comentários







0 comentários
Topo | Home