Ceará
Atualizado em: 23/01/2012 - 10:01 am

Albert Brasil Gradvohl, ligado ao partido aliado do governo, trabalhava no Departamento Nacional de Obras Contra as Secas; bancada da sigla vai reclamar de exoneração

A presidente Dilma Rousseff assinou a exoneração do diretor administrativo do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), Albert Brasil Gradvohl e a nomeação de Victor de Souza Leão para o cargo. Esta foi a saída encontrada pela presidente para não ter que demitir o diretor-geral do órgão, afilhado político do líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves, apesar das irregularidades constatadas pela Controladoria Geral da União. A informação foi divulgada pelo Estadão.com

Irregularidades no Ceará
A Controladoria Geral da União (CGU) identificou irregularidades em obras de irrigação no Ceará, analisadas pelo Ministério da Integração. A pasta vem sendo alvo de denúncias de favorecimento político. Conforme revelado pelo O Globo, no sábado (21), o ministro Fernando Bezerra sugeriu a demissão de Albert Gradvohl em razão do relatório da CGU.

Superfaturamento no Tabuleiro de Russas
O novo titular da diretoria administrativa do Dnocs é funcionário da CGU. O relatório de irregularidades da Controladoria inclui desvio de recursos, dispensa de licitação e superfaturamento nas obras da barragem de Tabuleiro de Russas, no Ceará.

Cearenses irritados
A demissão irritou a bancada cearense do PMDB. A exoneração foi publicada na edição desta segunda-feira (23) no Diário Oficial da União. O PMDB não se conforma com a degola de Gradvohl como único responsável pelas irregularidades e promete ainda nesta segunda procurar a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti e da Integração Nacional, Fernando Bezerra, para discutir o assunto.

Com informações do Estadão.com



2 comentários







2 comentários
Topo | Home


Sandro Cipriano Farias | segunda-feira janeiro 23 2012 | 13:24

Essa CGU vai invadir mesmo o orgão? Não é o primeiro não. TInha que cair mesmo era o DG.

Sandro | segunda-feira janeiro 23 2012 | 20:35

“Controladoria inclui desvio de recursos, dispensa de licitação e superfaturamento nas obras da barragem de Tabuleiro de Russas, no Ceará.”
Salvo engano o ordenador da despesa em concorrências deste porte é o D.G. e não o D.A.






You must be logged in to post a comment.