Ceará
Atualizado em: 10/09/2019 - 6:34 pm

Audiência atende ao pedido do deputado Elmano de Freitas

A Assembleia Legislativa, por meio da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP), realiza, nesta quarta-feira (11), audiência pública sobre a privatização do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) e suas consequências para o Ceará.

O debate será às 15h30, no Complexo de Comissões Técnicas, atendendo requerimento do deputado Elmano Freitas (PT).

O parlamentar lembra que, em agosto último, o Governo Federal anunciou uma lista com 17 empresas públicas federais que serão privatizadas no próximo período. Entre as empresas listadas, estão o Serpro e a Dataprev.

“Essas duas empresas de processamento de dados, além de rentáveis e superavitárias, contêm informações estratégicas para o País, acerca da renda, patrimônio e previdência social da população brasileira. Desse modo, não faz sentido para o Estado brasileiro privatizar empresas tão estratégicas para a construção de um projeto nacional de desenvolvimento e que reúnem informações do conjunto da nossa população”, explica Elmano Freitas.

Convidados
Foram convidados para o debate o diretor-presidente do Serpro, Caio Mário Paes de Andrade; a presidente da Dataprev, Christiane Almeida Edington; o presidente da Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT-CE), Wil Pereira; a vice-presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Processamento de Dados, Serviços de Informática e Similares (Fenadados), Telma Dantas.

E ainda
Também foram convocados o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados, Serviços de Computação, de Informática e Novas Tecnologias do Estado do Ceará (Sindpd), José Valmir Braz; Daniel Lima Fernandes, representando a Organização Local Serpro Ceará, e Carlos Marcos Augusto, representando a Organização Local Dataprev Ceará.

Com informações da AL



Comment closed







Comment closed
Topo | Home


Comments are closed.