Ceará
Atualizado em: 23/09/2011 - 10:48 am

Os bancários do Estado Ceará e de todo o Brasil vão entrar em greve a partir da próxima terça-feira (27), por tempo indeterminado. A decisão foi anunciada pelo Sindicato dos Bancários, após assembleia geral realizada nesta quinta-feira (22).

A categoria rejeitou, por unanimidade, a proposta apresentada pelos bancos durante a quarta rodada de negociações e resolveu deflagrar greve nacional, conforme orientação do Comando Nacional dos Bancários, que considerou insuficiente a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Reivindicações
Os bancários querem reajuste de 12,8% (inflação do período mais aumento real de 5%); PLR maior; piso do Dieese; fim da rotatividade; mais contratações; fim das metas abusivas; combate ao assédio moral; mais segurança; igualdade de oportunidades; e inclusão bancária sem precarização, dentre outras reivindicações.

A Federação, no entanto, propôs reajuste de apenas 7,8% sobre os salários, PLR e demais verbas (vale-refeição, cesta-alimentação e auxílio creche/baba, dentre outras). De acordo com o Sindicato dos Bancários do Ceará, esse índice representa somente 0,37% de aumento real.

Estamos preparados para fazer outra grande paralisação, a exemplo da greve histórica do ano passado, a maior dos últimos 20 anos. Essa proposta dos bancos não atende às nossas reivindicações, por isso nós bancários decidimos pela greve”, afirmou o presidente do SEEB/CE, Carlos Eduardo Bezerra.

Na próxima segunda-feira (26), uma nova assembleia vai ser realizada pelo Sindicato dos Bancários do Ceará para organizar o movimento. O encontro ocorre às 19 horas, na sede do Sindicato, na Rua 24 de maio, número 1289, no Centro de Fortaleza.

Leia mais:
Após reunião com professores, Cid Gomes diz que só retoma negociações após suspensão da greve
Trabalhadores dos Correios decidem entrar em greve a partir desta quarta-feira

Da Redação do Jangadeiro Online, com informações do Sindicato dos Bancários do Ceará



0 comentários







0 comentários
Topo | Home