Eleições 2014
Atualizado em: 03/10/2014 - 9:08 am

Campanha pelo celular: Candidatos usam SMS para conquistar eleitores. Foto: Reprodução da internet

Campanha pelo celular: Candidatos usam SMS para conquistar eleitores. Foto: Reprodução da internet

Em busca de votos, os candidatos ao pleito eleitoral de 2014 estão, cada vez mais, usando todo tipo de “armas” para alcançar e, possivelmente, conquistar o eleitor.

A proibição do telemarketing para realizar propaganda eleitoral despertou a criatividade dos candidatos para utilizarem as mensagens de SMS. A resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que proibiu, em fevereiro, a realização de propaganda eleitoral via telemarketing, não traz nenhuma referência ao uso de SMS, dando total liberdade aos candidatos de se utilizarem da ferramenta.

Incômodo
Alguns eleitores revelam o incomodo que as mensagens lhe causam. “Acho meio invasivo, mas como a mensagem que recebi era de um contato do Facebook, deixei passar. Agora, aqueles candidatos que não têm nenhum tipo de contato com você, aí sim, não tem como aceitar”, apontou a advogada Priscila Ferreira Gorge,

“É um incômodo. Quando recebi a mensagem, a primeira coisa que pensei foi se eles tinham perguntado se eu queria receber. Chega a ser até mesmo invasivo, eles não nos dão nem mesmo a opção de aceitar ou não receber. Então, na verdade, o candidato que me envia os “SMS” está é perdendo meu voto”, criticou a psicóloga Thais Alcântara.

Tática
Ao contrário das eleitoras acima, o comerciante Carlos Araujo afirmou ter gostado da estratégia dos candidatos. “É uma boa tática. Recebi apenas um SMS e nele trazia algumas propostas do candidato, algo que me agradou, acredito ser uma forma de o candidato se aproximar do eleitor”.

Vai no celular
De maneira oposta às propagandas políticas do rádio e da TV, que são proibidas 48 horas antes do dia da eleição, as mensagem de texto podem ser enviadas até o último minuto da votação.

Com informações do OE



0 comentários







0 comentários
Topo | Home