Ceará
Atualizado em: 27/07/2013 - 10:21 am

Cid diz que “em breve” contará com reforço da Polícia Federal para auxiliar na Segurança Pública

Cid diz que “em breve” contará com reforço da Polícia Federal para auxiliar na Segurança Pública. Foto: Agência Brasil

O governador Cid Gomes reafirmou que, em breve, a polícia cearense vai trabalhar em uma ação conjunta com a Polícia Federal para combater o narcotráfico no Ceará. A informação foi divulgada para a imprensa logo após a solenidade de posse dos juízes Raimundo Nonato Silva Santos e Lisete de Sousa Gadelha no cargo de desembargadores do Tribunal de Justiça do Ceará, na sexta-feira (26).

Exclusivo
Cid Gomes já havia detalhado as ações  adotadas para conter a violência em uma entrevista exclusiva ao blog Política com K.

Veja os detalhes aqui:
Exclusivo: Cid fala sobre violência em Fortaleza e revela que pediu ajuda da Polícia Federal

Mapa
De acordo com ele, o Governo está fazendo levantamentos criteriosos nas periferias de Fortaleza e municípios do interior do estado, identificando as rotas do narcotráfico. “O narcotráfico migrou com força para o nordeste inteiro. Das seis capitais mais violentas, quatro estão no Nordeste. Fortaleza, das quatro capitais, é a menos violenta. Não estou com isso querendo justificar. Quero assegurar as pessoas, que confiam e esperam de mim uma postura, que estamos trabalhando permanentemente”, disse o governador.

Denúncia
O governador enfatizou que algumas ações já foram lançadas, como é o caso do Disque Denúncia, que, segundo ele, tem sido um “agente importante” na identificação de bandidos envolvidos com o narcotráfico. Além disso, em menos de 15 dias, foi implantado um sistema mais fácil para cadastro de Boletim de Ocorrência.

Sem controle?
Questionado se os índices de violência estão fora de controle, como afirmou esta semana o ex-ministro Ciro Gomes (irmão de Cid) em entrevistas a rádios locais, Cid Gomes meio que desconversou. “Estamos permanentemente vigilantes. Tem coisas que estão na nossa alçada e coisas que não estão. Obviamente, isso não quer dizer que iremos nos render. Espero que as coisas devam melhorar”, disse o governador.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.