Câmara Municipal, Greve
Atualizado em: 07/06/2011 - 10:12 am

Com a Redação do Jangadeiro On Line

Clima tenso nesta terça-feira (7) na Câmara Municipal de Fortaleza (CMF). No período da manhã, professores bloquearam a entrada dos vereadores, tentando inviabilizar a sessão plenária em que seria votado o reajuste salarial da categoria.

Leia também:
Audiência de conciliação é suspensa e reajuste dos professores entra na pauta da Câmara sem discussão com categoria
Luizianne diz que não vai ceder à pressão e faz um apelo aos professores em greve

Os servidores querem a retirada da matéria da pauta de votação, alegando que não conhecem o conteúdo a ser votado. Além disso, afirmam que a matéria tira a regência, ou seja, o direito adquirido da categoria em relação ao reajuste salarial da categoria.

Na confusão, guardas municipais usaram spray de pimenta, que atingiu inclusive aos jornalistas que faziam a cobertura. Muitos professores passaram mal e ficaram ferido. O clima continua tenso.

Matéria na pauta
Apesar do protesto dos professores, os vereadores da base aliada da prefeita Luizianne Lins (PT) querem que a votação ocorra ainda nesta terça-feira. De acordo com as últimas informações, a sessão será abertas às 15 horas. O vereador João Alfredo (PSol), no entanto, não quer que a matéria seja votada. Para ele, é um “estupro ao regimento”.

Assembleia Geral
O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute) convocou assembleia geral da categoria para esta quarta-feira (8), às 9 horas, em frente à Câmara Municipal de Fortaleza.

Veja também as primeiras imagens exibidas no programa Barra Pesada:

Confira algumas fotos:



19 comentários







19 comentários
Topo | Home


NEIDYANA | terça-feira junho 7 2011 | 10:36

engraçado quando os professores entraram na câmara dos vereadores para que não tivesse uma votação indecente com relação ao reajuste dos professores afirmaram que aquela não seria uma educação adequada para os filhos dos trabalhadores e atitude de hoje para com os professores é uma EDUCAÇÃO ADEQUADA?

Flávio Bastos | terça-feira junho 7 2011 | 11:16

O Ceará é terra de gênios. Vejam só essa: físico cearense participou da equipe internacional de pesquisadores que conseguiu “aprisionar” átomos de antimatéria durante mais de 15 minutos. Esse experimento revolucionário realizado pelo famoso laboratório CERN está sendo destaque na imprensa internacional. E o cearense Cláudio Lenz Cesar, formado pela UFC, faz parte da equipe “Alpha” do CERN, que realizou o experimento. A Jangadeiro precisa noticiar isso!

elisangela linhares | terça-feira junho 7 2011 | 11:30

Que país é esse? Não se respeita uma lei federal: a lei do piso nacional. Os professores gritam aos 04 cantos um direito assegurado pelo STF e ninguém faz nada para a lei ser cumprida. Enquanto isso a corrupção devasta esse país! Quando isso vai mudar? Em qual geração? Não se valoriza a educação porque não é interessante para as autoridades formar cidadãos conscientes!

Ana | terça-feira junho 7 2011 | 12:39

Amigos, isto é um desrespeito com os professores. Nós não estamos alegando nada além de um direto que nos foi assegurado.
Querida Lulu, entenda, sua mãe que já ganha 7 mil reais como professora também se beneficiará com o piso.

Ana Maria | terça-feira junho 7 2011 | 12:59

A desvalirização dos Profissionais da Educação mostra que é dejejo de certos governantes uma sociedade repleta de MASSA DE MANOBRA, QUE SE SATISFAZ COM PÃO E CIRCO.

osivan cavalcante de lima | terça-feira junho 7 2011 | 13:41

a maioria deste policiais a um tempo a trais chamava os professores de tio ou tia hoje trata com si fosse bandidos esses policias não tem carate por quer tratar como bandidos aqueles que o formarão policias e o mesmo que trata mau seus pro bios pais

Francisco Antonio Alves Tomé | terça-feira junho 7 2011 | 14:46

Gostaria de parabenizar a cobertura da Tv Jangadeiro sobre a paralização dos professores,mais precisamente hoje, pela manhã, na Câmara Municipal de Fortaleza, bem como a excelente abordagem lucida e prudente de Katiúzia Rios a qual eu acompanho desde da outra emissora.
Gostaria de salientar que nós, professores, não estamos pedindo aumento salaria;mas, exigir que a prefeita de fortaleza cumpra a lei do piso salarial. Ainda lembrar que deve respeitar os professores, afinal somos nós todos os dias que estamos educando os das pessoa mais carentes de fortaleza.

ivonete | terça-feira junho 7 2011 | 16:29

Parabéns a tv jangadeiro pela cobertura das manifestações dos professores.

Edinaldo Guimarães | terça-feira junho 7 2011 | 17:34

No final da tarde quando as tropas encurralaram os professores com spray, bombas e cacetadas. Aquele negócio arde tanto… Alguns vereadores entravam com seus carros em disparada quase atropelando manifestantes. O pior é que tudo isso vem de uma prefeita que se diz do Partido dos Trabalhadores. Cadê o partido que deixa fazer tudo isso com os trabalhadores. O choro do professor é de revolta por ter gastado sua vida e sua juventude para colaborar com um partido que hoje trata os professores de tão pervesa quantos os miliatares no período da ditadura.

Andréa Coutinho | terça-feira junho 7 2011 | 19:21

É triste saber que temos que ir as ruas para fazer leis serem cumpridas. Mais triste é saber que os REPRESENTANTES DO POVO não nos representam!!!!! Parabéns a TV Jangadeiro por informar a população da real condição dos professores e da educação no nosso município e estado. Amanhã temos Assembelia dos professores do Estado no Paulo Sarasate, espero que a mesma qualidade na cobertura seja feita!

Daniele Mendonça | terça-feira junho 7 2011 | 19:42

Ficamos todos abalados com a falta de compromisso com a classe de professores. Mas para aumentar salário de vereadores e deputados é tudo muito fácil, pois eles mesmos dão a si próprios seus aumentos virtuosos. Bando de hipócritas!!! Como é bom ser político no Brasil!!! Ganham de forma fácil sem precisar fazer greve todo ano para fazer valer seus direitos.

Paula S | terça-feira junho 7 2011 | 20:35

Parabéns a todos da TV jangadeiro pela cobertura!!!
Me sinto desrespeitada mas sou brasileira e não desisto nunca!!
GREVE GERAL POR TEMPO INDETERMINADO
O que aconteceu hoje deixou todos os cearenses decepcionados !
Quanta vergonha senhora Ruinzianne!

alice | terça-feira junho 7 2011 | 23:00

Estou estarrecida com tanta cara de pau e demagogia por parte da prefeitura e seus aliados. Como podem negar aos professores um direito lícito? E squeceram que o piso foi instituído no mandato de Lula, representante maior do PT? Fico ainda mais aborrecida porque num jornal a nível nacional foi anunciado que os professores reivindicam aumento salarial e não o cumprimento da lei do piso nacional. Gostaria que o sindicato publicasse nota esclarecendo isso a população, tornando claro o real motivo da greve. Quanto a ação da guarda municipal é lamentável, porém os que estão no front cumprem ordens para não perderem suas horas extras e não serem punidos, em suma, são tão vítimas quanto os professores, pois fazem parte de uma instituição tão sucateada quanto as escolas municipais.

Climenia | quarta-feira junho 8 2011 | 12:26

O que se viu na câmara de Fortaleza foi uma verdadeira guerra civil liderada por muitos vereadores eleitos por essa mesma categoria. Que os professores registrem em suas memórias a humilhação que sofremos nesse dia e retribuam essa “gentileza” nas urnas na próxima eleição.

Lúcia Matos | quarta-feira junho 8 2011 | 16:40

Parabéns Professores Municipais de Fortaleza,não deixemos que meia dúzia de vereadores partidários da Prefeita prejudique a categoria! E para os Professores que estão acomodados nas salas de aula,acordem que ainda é tempo! Lembrem-se da música “Quem sabe faz a hora não espera acontecer”

Luciana Campos | quinta-feira junho 9 2011 | 01:53

O senhor Ronivaldo aparece na imprensa com esse discurso de querer negociar mas não revela que na calada da noite armaram uma emboscada convocando os diretores de suas grades, leia-se, cabide de empregos, para lotarem as galerias da Câmara e assim usarem a desculpa de que os professores não poderiam entrar pois as galerias já estavam lotadas. Que vergonha seu Ronivaldo! Que papelão! E aos colegas professores, por ora diretores, manifesto minha indignação! Que papelão vocês fizeram. A exemplo de Luiziane traíram sua categoria. Como disse o poeta: eles passarão, eu passarinho.

marcos rocha | quinta-feira junho 9 2011 | 07:24

Vejam só a que ponto chegamos: A nossa prefeita não paga o piso salarial, nega o direito de 1/3 para planejamento, nega a nossa licença-prêmio, nega a redução de carga horária, não conserta as distorções, BATE na gente e agora por último não vai nos pagar. Mas convém ressaltar que ela é do PT ( Partido dos Trabalhadores ). O que está faltando a PROFESSORA LUIZIANNE fazer conosco ? Fuzilar ? Igual ao Hitler ?

Luciana | quinta-feira junho 9 2011 | 07:29

O senhor Ronivaldo aparece na imprensa com esse discurso de querer negociar mas não revela que na calada da noite armaram uma emboscada convocando os diretores de suas grades, leia-se, cabide de empregos, para lotarem as galerias da Câmara e assim usarem a desculpa de que os professores não poderiam entrar pois as galerias já estavam lotadas. Que vergonha seu Ronivaldo! Que papelão! E aos colegas professores, por ora diretores, manifesto minha indignação! Que papelão vocês fizeram. A exemplo de Luiziane traíram sua categoria. Como disse o poeta: eles passarão, eu passarinho.

Regina Fernandes | quinta-feira junho 9 2011 | 15:19

Parabéns a essa emissora pela coragem de mostrar a violência sofrida pelos professores do município de Fortaleza e pelas reportagens imparciais da jornalista Kezia Diniz a frente dessa corbetura de luta dos trabalhadores em educação pelo cumprimento da lei do piso.