Greve
Atualizado em: 04/06/2014 - 8:02 am

Gustavo Simplício é presidente do Sinpol

Gustavo Simplício é presidente do Sinpol

Os agentes da Polícia Civil decidiram suspender qualquer paralisação ou ato da categoria. O motivo foi à possibilidade de reabertura de negociações com o governo do Estado, depois da intermediação de deputados da base aliada.

Estado de greve
A categoria, após assembleia no último sábado, decretou estado de greve, podendo paralisar as atividade a qualquer momento. Na manhã de terça-feira (03), representantes do Sinpol/CE (Sindicato da Polícia Civil) estiveram reunidos com o primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Tin Gomes (PHS), para apresentar demanda da categoria.

Meio de campo
Após ouvir as propostas, Tin colocou-se à disposição para intermediar uma conversa com os secretários Servilho Paiva, da Segurança Pública, Eduardo Diogo, do Planejamento, e Fernando Oliveira, da Procuradoria Geral do Estado e, até mesmo, o governador Cid Gomes (Pros).

Espera
O presidente do Sinpol, Gustavo Simplício, disse esperar que, agora, vai abrir caminho para que a Assembleia consiga intermediar as negociações com o governo. “Esperamos que o governador dê o aval, assim como a presidente Dilma Rousseff fez com os agentes da polícia federal”, disse. A categoria reivindica a valorização profissional, pois os vencimentos que os policias recebem hoje, estão defasados.

“Legal”
Desde dezembro de 2013, o sindicato realiza a campanha Polícia Legal, na tentativa de chamar atenção e reconhecimento da profissão. Outra demanda diz respeito à questão dos presos em delegacias.

E ainda
Caso não haja avanço nas negociações, os agentes da Polícia Civil podem paralisar as atividades no dia 12 de junho, dia da abertura da Copa do Mundo.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home