Câmara Municipal
Atualizado em: 10/12/2014 - 11:22 am

Comissão de Ética da Câmara avança no pedido de cassação de A Onde É

Comissão de Ética da Câmara avança no pedido de cassação de A Onde É

A Comissão de Ética da Câmara Municipal de Fortaleza deve escolher nesta quarta-feira (10) o relator da processo de cassação do vereador A Onde É (PTC). A informação é do presidente do colegiado, vereador Adelmo Martins (PR).

Nesta terça-feira (09), o corregedor da Câmara, vereador Casimiro Neto (PP),  entregou o parecer sobre as denúncias do Ministério Público (MP) ao presidente do Conselho de Ética da Câmara, Adelmo Martins (Pros). Casimiro aceitou o pedido de cassação do mandato do parlamentar produzido pelo MP.

Reunião da Comissão
Adelmo informa que uma reunião marcada , em breve, para escolher o relator do processo no Conselho de Ética. Ele aguarda a possibilidade do presidente eleito da CMFor, Salmito Filho (Pros), participar da reunião.

Afastado
O vereador está ausente da Câmara desde o último dia 20 de novembro, quando o juiz da 18ª Vara Criminal deferiu o afastamento até o julgamento final da ação envolvendo o parlamentar. Ele é acusado pelo MP de cobrar “pedágio” sobre salário de assessores de seu gabinete na Câmara Municipal. Atualmente, A Onde É está de licença do mandato por recomendações médicas.

Leia ainda:
Vereador A Onde É deixa a cadeia após 40 dias de prisão
Vereador A Onde É tem liberdade determinada pelo STF

A Onde É: Dinheiro desviado da Câmara pagou até “lua de mel”; MP quer a cassação do vereador
MP investiga vereador “Aonde É” por irregularidades no uso de verba pública
Câmara de Fortaleza gasta R$ 4 mi com passagens e R$ 9,7 mi em vales-refeição

Preso em flagrante
A Onde É foi preso em flagrante em 26 de setembro deste ano, acusado de sacar dinheiro de um assessor. Após 40 dias preso, conseguiu liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) para responder o processo em liberdade.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home