Senado
Atualizado em: 10/02/2020 - 12:29 pm

Segundo requerimento, apresentado pela deputada federal Luizianne Lins, os depoimentos de representantes das empresas de telefonia celular, que também ofertam serviços de internet, serão fundamentais para os trabalhos da CPMI. Foto: Agência Câmara

Está marcada para a próxima quarta-feira (12), às 13h, mais uma reunião da CPI mista das Fake News.

Foram convocados o diretor de tecnologia da informação e segurança cibernética da Oi, Angelo Coelho da Silva Neto; o diretor de relações institucionais da Tim, Leandro Guerra; o diretor de relações institucionais da Telefônica/Vivo, Enylson Flávio Martinez Camolesi; e o vice-presidente de relações institucionais da Claro, Fábio Andrade.

O requerimento, apresentado pela deputada federal Luizianne Lins (PT-CE), afirma que “o mau uso da internet, inclusive incorrendo em atividade criminosa, só pode ser combatido se ocorrer um suficiente conhecimento do instrumental disponível e do histórico de alertas e providências em curso pelas empresas”.

Segundo o texto, no caso das empresas de telefonia celular, que também ofertam outros serviços de comunicação, os depoimentos serão fundamentais para os trabalhos da CPMI.

Convidados
Além dos representantes de empresas de telefonia, foram convidados o representante do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal, Alexandre Castro; e o superintendente de controle de obrigações da Anatel, Gustavo Santana. Os requerimentos de participação foram apresentados pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Angelo Coronel (PSD-BA).

Com informações da Agência Senado



Comment closed







Comment closed
Topo | Home


Comments are closed.