Pesquisa
Atualizado em: 29/08/2014 - 8:49 pm

Na pesquisa anterior, divulgada dia 18, Dilma tinha 36% e Marina, 21%. Na simulação de segundo turno, Marina atinge 50% e Dilma, 40%.

Na pesquisa anterior, divulgada dia 18, Dilma tinha 36% e Marina, 21%. Na simulação de segundo turno, Marina atinge 50% e Dilma, 40% 

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB. Cada uma aparece com 34% das intenções de voto.

A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora alcançou 50% contra 40% da presidente. Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%.

Os demais
No levantamento desta sexta, Pastor Everaldo (PSC) obteve 2%. Os outros sete candidatos somados têm 1%. Segundo o levantamento, os que disseram votar branco ou nulo são 7%, mesmo percentual dos que não sabem em quem votar.

Estimulada
Veja os números do Datafolha para a pesquisa estimulada (em que uma cartela com a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):

  • – Dilma Rousseff (PT): 34%
  • – Marina Silva (PSB): 34%
  • – Aécio Neves (PSDB): 15%
  • – Pastor Everaldo (PSC): 2%
  • – José Maria (PSTU): 0% *
  • – Eduardo Jorge (PV): 0% *
  • – Luciana Genro (PSOL): 0% *
  • – Rui Costa Pimenta (PCO): 0% *
  • – Eymael (PSDC): 0% *
  • – Levy Fidelix (PRTB): 0% *
  • – Mauro Iasi (PCB): 0% *
  • – Brancos/nulos/nenhum: 8%
  • – Não sabe: 9%

(*) Os candidatos indicados com 0% são os que não atingiram 1% das intenções de voto; somados, os sete têm 1%.

Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao entrevistado em quem ele pretende votar, sem apresentar a lista de candidatos), os resultados são os seguintes:

  • – Dilma Rousseff: 27%
  • – Marina Silva: 22%
  • – Aécio Neves: 10%
  • – Outras respostas: 3%
  • – Em branco/nulo/nenhum: 3%
  • – Não sabe: 32%

Segundo turno
Nas simulações de segundo turno, o Datafolha avaliou os seguintes cenários:

  • – Marina Silva: 50%
  • – Dilma Rousseff: 40%
  • – Brancos/nulos/nenhum: 7%
  • – Não sabe: 3%

 

  • – Dilma Rousseff: 48%
  • – Aécio Neves: 40%
  • – Brancos/nulos/nenhum: 9%
  • – Não sabe: 4%

O Datafolha não realizou simulação de segundo turno entre Marina e Aécio.

Rejeição
A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.

  • – Dilma Roussef: 35%
  • – Pastor Everaldo: 23%
  • – Aécio Neves: 22%
  • – Zé Maria: 18%
  • – Eymael: 17%
  • – Levy Fidelix: 17%
  • – Rui Costa Pimenta: 16%
  • – Luciana Genro: 15%
  • – Marina Silva: 15%
  • – Eduardo Jorge: 14%
  • – Mauro Iasi: 14%

Avaliação da presidente
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de 35% dos entrevistados – no levantamento anterior, eram 38%. O índice se refere aos entrevistados que classificaram o governo como “ótimo” ou “bom”.

Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo” eram eram 23% e agora são 26%, segundo o Datafolha. Para 39%, o governo é “regular” – 38% no levantamento anterior. A nota média atribuída pelos entrevistados ao governo foi 5,9 – na pesquisa anterior, foi 6,0.

  • – Ótimo/bom: 35%
  • – Regular: 39%
  • – Ruim/péssimo: 26%
  • – Não sabe: 1%

Ficha Técnica
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”. O Datafolha fez 2.874 entrevistas em 178 municípios nestas quinta (28) e sexta (29). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.

Com informações do G1



0 comentários







0 comentários
Topo | Home