Eleições 2014
Atualizado em: 02/09/2013 - 10:27 am

De olho em 2014: Serra sondou senador tucano para ser seu vice no PPS

De olho em 2014: Serra sondou senador tucano para ser seu vice no PPS

Isolado na disputa interna contra Aécio Neves (PSDB-MG), José Serra (PSDB-SP) chegou a sondar o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) sobre a possibilidade de os dois encabeçarem uma chapa à Presidência pelo PPS em 2014. A informação é da Folha.com.

A conversa se deu no dia 18, data em que Serra manteve encontros em Brasília com o objetivo de viabilizar sua terceira candidatura à Presidência – ele foi derrotado nas eleições de 2002 e 2010.

“Disse a ele que a hora é de muita prudência e de avaliar o impacto que terão essas manifestações marcadas para o 7 de Setembro. Falei que não tenho prazer em mudar de partido e que a possibilidade de sair do PSDB é muito remota, que a chance maior é de permanecer e disputar novamente o Senado”, disse Dias.

Tucanos
Em 2010, Dias chegou a figurar como vice na chapa de Serra por alguns dias, mas o DEM vetou a dobradinha e indicando o então deputado Índio da Costa (DEM-RJ). Rompido com o governador Beto Richa, que controla o PSDB no Paraná, Dias aposta numa reconciliação para disputar o Senado. “Falaram que a candidatura é minha.”

Prévias
Apesar da sondagem, a passagem de Serra por Brasília teve por objetivo reagir a uma manobra de bastidor de Aécio – que afirmou publicamente ser favorável à realização de prévias na legenda. Com o controle quase total da máquina partidária, o objetivo era anular um eventual discurso do paulista para deixar o PSDB e se candidatar à Presidência por outra sigla.

Serra, então, disse que só aceitaria disputar mediante regras como “igualdade de condições” – o que pressupunha a saída de Aécio da presidência da legenda. Seu objetivo principal não era viabilizar a disputa, praticamente descartada, mas retomar a condição de ter um discurso na eventual saída do partido.

Serra e seu grupo ficaram bastante contrariados com as declarações do ex-presidente da sigla Sérgio Guerra, para quem Serra não tem o apoio de nem 3% da legenda.

No PPS
O ex-governador negocia com o PPS a possibilidade de se filiar à legenda, mas ainda não teria dado um prazo para anunciar sua decisão.

Com informações da Folha.com



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.