Bastidores
Atualizado em: 20/05/2011 - 5:11 pm

O presidente estadual do PSDB, Marcos Cals, diz que vai seguir orientação nacional diante de possíveis desfiliações de deputados da sigla.

Os boatos sobre uma debandada de tucanos não param ganhar força nos bastidores, mas o diretório estadual do PSDB, aqui no Ceará, não confirma a informação.

O presidente da sigla, Marcos Cals, diz que não foi comunicado oficialmente sobre nenhuma desfiliação.

“Ouvi falar pela imprensa, mas não tem nada oficial. Ninguém comunicou a saída à executiva do partido”, afirmou.

Fora
As informações dão conta de que quatro deputados eleitos e dois suplentes deixariam o PSDB nos próximos dias. Os nomes de parlamentares citados são: Osmar Baquit, Rogério Aguiar, Gony Arruda e Teo Menezes. Além dos suplentes: José Teodoro e Nenem Coelho.

Mandato
Marcos Cals não descarta a possibilidade, mas diz que ainda precisaria reunir a executiva para decidir se o partido vai cobrar os mandatos dos parlamentares que podem deixar a sigla.  

“A executiva estadual ainda não tem uma posição sobre isso. Primeiro vamos ouvir a orientação da executiva nacional que será eleita, em convenção, no dia 28 de maio. Depois vamos nos reunir, se for o caso. A ideia é seguir a orientação Nacional”, explicou o dirigente tucano.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home