Ceará
Atualizado em: 25/11/2019 - 12:25 pm

Audiência atende requerimento do deputado Renato Roseno

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido (CMADS) da Assembleia Legislativa realiza audiência pública para discutir a “Degradação do Riacho Jaburu no município de Ibiapina”.

O debate vai acontecer nesta terça-feira-feira (26/11), às 14h, na Câmara Municipal de Ibiapina, e atende a requerimento do deputado Renato Roseno (Psol).

De acordo com o parlamentar, Ibiapina é um dos municípios do território rural serra da Ibiapaba, localizado na região Nordeste e é composto por oito municípios.

Território
O território da Ibiapaba atualmente se constitui como grande produtor de hortaliças e flores que são destinadas para a Europa e região Nordeste. Segundo Roseno, a região é também produtora de cana-de-açúcar, e derivados destinados a região Norte do Ceará e do Piauí. No território se desenvolvem práticas convencionais de agricultura que tem como consequência a dilapidação do patrimônio natural e social associado.

“Nos últimos anos, no município de Ibiapina, áreas, inclusive de preservação, vem também sendo desmatadas para a implantação de uma variedade de loteamentos”. Segundo ele, um desses empreendimentos está localizado as margens do Riacho Jaburu, afluente que abastece o açude Jaburu responsável pelo abastecimento de água da cidade.

Mata
O município apresentava boa parte do território com áreas de remanescentes de mata úmida e da mata atlântica e, nos últimos tempos, “vem perdendo sua cobertura vegetal nativa numa velocidade nunca vista antes devido a falta de fiscalização e/ou permissão para desmatamentos”, observa o deputado.

Convidados
Foram convidados para o debate, a secretaria do Meio Ambiente do Ceará (Sema), a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), a Cogerh, Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Ceará (OAB-CE), Escola de Formação Política e Cidadania, e Escola Família Agrícola Chico Antônio Bié (Tianguá), Comitê da Bacia Hidrográfica da Serra da Ibiapaba, Cáritas Diocesana de Tianguá e Sindicato de Trabalhadores Rurais de Ibiapina, São Bendito, Ubajara e Tianguá, entre outros.

Com informações da AL



Comment closed







Comment closed
Topo | Home


Comments are closed.