Ceará
Atualizado em: 13/09/2019 - 3:20 pm

Deputada quer proibir exposição de crianças a danças que mencionam a sexualização

A deputada Dra. Silvana (PR) destaca projeto de autoria dela, em tramitação na Assembleia Legislativa, que dispõe sobre a proibição da exposição de crianças e adolescentes a danças que mencionam a sexualização precoce em ambiente escolar.

A parlamentar explicou que o projeto combate a erotização infantil, e que a ideia é sensibilizar o Governo Federal no sentido de tornar esta uma medida nacional. “Trago esse projeto, pois o que vemos nas redes sociais é uma realidade terrível, com crianças dançando funk até o chão nas escolas, cantando as letras que falam de sexo abertamente, e isso me levou a solicitar essa medida preventiva”, explicou.

A deputada afirmou que o funk é um estilo comprovadamente sensual que induz as pessoas ao sexo ilícito. “Tanto que, onde os bailes funks são comuns, também são comuns e crescentes, o número de crianças que engravidam e a circulação de drogas entre elas. A grande atração do momento, por exemplo, são os shows dessa natureza, promovidos por crianças que atraem multidões enquanto cantam músicas com teor vulgar explícito”, apontou.

Ainda de acordo com Dra.Silvana, as danças típicas do estilo e as letras que falam de sexo têm induzido centenas de meninas a buscarem em si um estilo de vida extremamente sensual. Ela citou o caso da cantora MC Melody, que, “aos 12 anos de idade, tem feito shows, onde reproduz danças que esbanjam sensualidade e cantando letras vulgares”.

“Mazelas”
Para Dra. Silvana, essa “permissividade” é responsável por algumas mazelas destes tempos, tais como a propagação da pedofilia, da exploração infantil, do incentivo à pornografia infantil, a propagação da mulher enquanto mero objeto sexual, a colaboração aos abusos sofridos pelas crianças, entre outras coisas.

Dra. Silvana comentou que a música entra na alma das pessoas. “Você está fazendo qualquer coisa e a música que você ouviu invade a sua cabeça, então ela tem participação ativa no aprendizado de todos nós, inclusive das crianças”, disse.

Projeto
A parlamentar informou que dará entrada em outro projeto, desta vez, promovendo a criação de hinos para as escolas públicas do Estado. “Canções que promovam valores edificantes em vez da exploração dessas crianças. Se não quiserem falar de Deus nos hinos, tudo bem, mas valores como fraternidade, integração, fé, esperança, missão, são temas que podem ser abordados e só tem a contribuir para o desenvolvimento das crianças e adolescentes”, defendeu.

Com informações da AL



Comment closed







Comment closed
Topo | Home


Comments are closed.