Ceará
Atualizado em: 10/03/2020 - 2:26 pm

Deputados trocam insultos na Assembleia; Sarto media e pede respeito. Foto: Edson Júnior Pio

Uma discussão acirrada entre os deputados Osmar Baquit (PDT) e Leonardo Araújo (MDB) marcou a sessão desta terça-feira (10) na Assembleia Legislativa. Os dois parlamentares por pouco não trocaram agressões físicas. Com dedo em riste e trocando ofensas, os dois foram contidos por outros deputados.

Entre as ofensas proferidas, Baquit chamou Araújo de “moleque, comprador de voto”. O emedebista rebateu e chamou Baquit de “garganta de aluguel”.

Entenda
Toda a discussão começou quando Baquit fazia um discurso em que tecia elogios ao ex-vice-governador Domingos Filho. Durante o discurso, o pedetista citou o colega Araújo como alguém que “fala mal”, da esposa de Domingos, a deputada estadual Patrícia Aguiar.  “Deputada Patrícia, quero me solidarizar com a deputada, mãe e esposa. Não é fácil sentar nessa Casa e ouvir o que a senhora escuta. Não conheço ninguém nessa casa com exceção do Leonardo que fale mal da senhora. Fique tranquila porque, no fundo, há sentimento de querer ser o Domingos Neto (deputado federal) de querer ter a força política que o Domingos Filho tem”, disse Baquit.

Disputa
Antes, Leonardo Araújo havia usado a tribuna para disparar críticas contra o grupo político de Patrícia Aguiar. O debate acirrado tem como pano de fundo a disputa municipal entre MDB e PSD por colégios eleitorais na região dos Inhamuns. Com dedo em riste, Araújo chamou Baquit de “garganta de aluguel” e se referiu ao colega, aos berros, de “pipoca” – uma referência a uma quadrilha de criminosos denunciada em 2013 pelo pelo Ministério Público e que acusou Baquit de estar envolvido em ataques a rádio local.

Calma
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto (PDT), lamentou, por meio de nota, o episódio ocorrido na manhã desta terça-feira (10) envolvendo os deputados Leonardo Araújo (MDB) e Osmar Baquit (PDT). Ele informou ter reunido os dois parlamentares, que já se desculparam e concordaram em se retratar com a população cearense pelos excessos. Em nome da Mesa Diretora, Sarto reiterou apelo para que os debates no Legislativo Estadual sejam feitos com zelo e respeito ao contraditório. O presidente comunicou ainda que o tema será pauta da próxima reunião do Colégio de Líderes.

Com informações do Diário do Nordeste e da AL
Atualizada às 16h58



Comment closed







Comment closed
Topo | Home


Comments are closed.