Em Brasília
Atualizado em: 08/08/2011 - 2:15 pm

A presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira (8) que mantém a confiança no ministro da Agricultura, Wagner Rossi e que ele já tomou as medidas necessárias para enfrentar as denúncias publicadas pela imprensa envolvendo a pasta.

“O governo não tem nenhuma razão para ter qualquer questão em relação ao ministro Wagner Rossi. Não é ele que está em questão. Ele já tomou as medidas [para verificar e sanar irregularidades], então, estamos, sem sombra de dúvidas, reiterando a confiança no Wagner Rossi”, declarou Dilma após se reunir com o primeiro ministro do Canadá, Stephen Harper, no Palácio do Planalto.

Denúncia
A revista Veja desta semana publicou novas denúncias da existência de relações suspeitas entre funcionários do alto escalão do ministério da Agricultura e lobistas, sobre as quais o ministro Wagner Rossi e o secretário executivo da pasta, Milton Ortolan, teriam conhecimento. No sábado (6), o ministro divulgou nota repudiando as informações da revista e, no mesmo dia, Ortolan pediu demissão do cargo.

Confiança
A declaração da presidente sobre a confiança que mantém em relação ao ministro, chama atenção e lembra uma outra denúncia. No início da crise no Ministério dos Transportes, com a publicação das denúncias, Dilma Rousseff também disse que confiava em Alfredo Nascimento, ministro a época.

Como acompanhamos, Nascimento não resistiu e deixou a pasta. Na sequência, Dilma iniciou uma “faxina” na administração ligada ao ex-ministro. 

Leia mais:
Alí só tem bandido”, diz irmão de Romero Jucá ao denunciar corrupção no Ministério da Agricultura
ISTOÉ revela: “As negociatas do ministro Nascimento”
Após denúncia, Dilma manifesta confiança no ministro Alfredo Nascimento

Com informações da Agência Brasil



0 comentários







0 comentários
Topo | Home