Onda de Manifestações
Atualizado em: 24/06/2013 - 7:01 am

Dilma reúne prefeitos e governadores nesta segunda (24).  Foto: Fabio Pozzebom / Agência Brasil

Dilma reúne prefeitos e governadores nesta segunda (24). Foto: Fabio Pozzebom / Agência Brasil

A presidente Dilma Rousseff se reunirá nesta segunda-feira (24) com os governadores e prefeitos de todo o país para discutir o Pacto Nacional pela melhoria dos serviços públicos. A proposta do encontro foi apresentada em pronunciamento feito em rede nacional nesta sexta-feira, em resposta às manifestações que sacodem o Brasil há duas semanas.

Convidados
Dilma convidou para o encontro, previsto para acontecer às 16h (horário de Brasília), os governadores dos 27 Estados e os prefeitos das capitais, afirmaram porta-vozes da Presidência. O encontro, no qual estará presente grande parte do gabinete da presidente, será o primeiro em que a governante abordará o Pacto Nacional pela melhoria dos serviços públicos proposto na sexta-feira.

Pacto Nacional
“Vou receber os líderes das manifestações pacíficas, de sindicatos e associações populares”, pois “precisamos de todas suas contribuições, reflexões e experiências”, afirmou a presidente durante pronunciamento.

Transporte e mais
O principal objetivo do pacto será a elaboração de um Plano Nacional de Mobilidade Urbana que privilegie o transporte coletivo. A reivindicação inicial das manifestações era a redução das tarifas de transporte público e melhorias nesses sistemas. No mesmo pronunciamento, Dilma citou algumas medidas, na área da saúde e educação, que deve adotar para atender as reivindicações pontuais dos manifestantes

Menor intensidade
A reunião acontece no momento em que as manifestações começam a perder intensidade e participação. A maior manifestação entre as realizadas neste domingo em pelo menos 17 cidades foi a do Rio de Janeiro, que reuniu cerca de 4 mil pessoas, que marcharam sem incidentes pela orla das praias de Copacabana, Ipanema e Leblon.

Estopim
Os protestos no Brasil começaram na semana passada em São Paulo, exclusivamente contra o aumento das passagens, mas ganharam outras reivindicações, como maiores investimentos em saúde e em educação, e críticas contra a corrupção e as elevadas despesas do Governo para organizar eventos como o Mundial de 2014.

Com informação do Portal Terra



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.