Articulação, Partidos
Atualizado em: 05/10/2011 - 8:17 pm

Dirigente do PSD no Ceará admite que criação da sigla foi patrocinada por Cid Gomes. Foto: Caroline Ribeiro

O Partido Social Democrático (PDS) já nasce no Ceará com Almircy Pinto, gestor do gabinete do governador Cid Gomes, como presidente regional da legenda. Em entrevista à TV Jangadeiro, o dirigente não esconde que o partido é um novo ninho para os aliados do governo estadual.

“O partido veio pelas mãos, realmente, do governador Cid Gomes. Nós tivemos o apoio velado dele [Cid Gomes]”, disse Almircy para em seguida completar afimando que “Ele [Cid Gomes] nos encarregou de fazer esse partido”.

PSD
Desde o último dia 29 de setembro o PSD foi autorizado pelo Superior Tribunal Eleitoral a receber filiados. No Ceará, segundo o presidente da sigla, o PSD deve atrair pelo menos 45 prefeitos. A maior parte dos gestores deve migrar do PSDB e alguns do PR.

Troca de partido
Entre os deputados federais, Manoel Salviano, eleito pelo PSDB,  já se filiou ao novo partido. Na Assembleia Legislativa do Estado, a formação do PSD causa o maior desfalque na bancada tucana.

O PSD é considerado uma sigla alternativa aos aliados do governador Cid Gomes (PSB) que é presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro no Ceará.

Veja quem migra para a nova legenda aqui:
PSD acolhe aliados do governo e já nasce com bancada na Assembleia do Ceará

Fidelidade
Com a migração para o Partido Social Democrático, os parlamentares aproveitam a “janela” de infidelidade partidária. Pela lógica de entendimentos anteriores dos Tribunais, as trocas de partidos resultariam na perda do mandato. A legislação, no entando, permite a mudança para siglas “recém criadas” como é o caso do PSD.

Interesses
O idealizador da nova sigla, prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (ex-DEM), disse inicialmente que a legenda “não é de direita, nem de esquerda, nem de centro” o que a faz atraente para políticos com os mais variados interesses.

Leia também:
PSD coleta nome até de morto e é acionado pela oposição
Gony anuncia desfiliação do PSDB para evitar expulsão
Salmito Filho deixa PT e confirma filiação ao PSB
José Maria Pontes pede desfiliação do PT e não esconde decepção  

Prazo
O prazo concedido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as mudanças de partido político terminam na próxima sexta feira, 7 de Outubro. Segundo o juiz auxiliar da Corregedoria do TRE/CE, Cléber Castro, quem perder o prazo não poderá recorrer. A data também é o limite para que os políticos que quiserem se candidatar a prefeito ou vereador em 2012 solicitem alteração de domicílio eleitoral. Para os eleitores o prazo para alteração de domicílio eleitoral ou qualquer outra mudança pode ser feita até 9 de maio de 2012.

Saiba ainda:
PSD vai de 55 e pede registro ao TSE. Articulação também avança no Ceará    
Fora do ninho 



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.