Ceará, Serviço
Atualizado em: 14/05/2012 - 3:52 pm

Cartório de Saboeiro dá exemplo de inclusão utilizando libras para atendimento aos eleitores

Os servidores do cartório eleitoral de Saboeiro, no interior do Ceará, oferecem no atendimento ao público um serviço especial aos eleitores com deficiência auditiva. Trata-se de atendimento em libras (língua brasileira de sinais), usada por surdos do país inteiro.

Novidade
A novidade foi implementada no cartório quando a servidora, Antônia Raimunda Neta da Silva, que trabalhava com crianças especiais e tinha feito um curso de libras, começou a trabalhar na Justiça Eleitoral, em 2010. Ela ensinou a língua para o chefe do cartório, Antônio Jurandi do Carmo, e passaram a usar no dia-a-dia, beneficiando os surdos da região.

A linguagem
“A libras se apresenta como um sistema linguístico de transmissão de ideias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil” (wikipedia). A libras não é simplesmente a gestualização da língua portuguesa, pois, em Portugal, por exemplo, usa-se uma língua de sinais diferente. Dentro do país, existem variações regionais como em qualquer língua, mas, com o curso, aprende-se a se comunicar.

Com informações do TRE



0 comentários







0 comentários
Topo | Home