Ceará, Polêmica
Atualizado em: 09/08/2011 - 4:22 pm

Secretário de Cidades disse que liberou convênio baseado em parecer técnico - Foto: reprodução Jornal jangadeiro

A assessoria do secretário das Cidades, Camilo Santana (PT), enviou para a coluna uma nota assinada pelo petista sobre o envolvimento do nome dele no escândalo dos “Banheiros Fantasmas”.

No texto, Camilo Santana dá sua versão sobre a responsabilidade que teria no aditivo de  prorrogação dos convênios. Confira a nota:

“Assumi a Secretaria das Cidades do Governo do Estado em JANEIRO de 2011, portanto bem depois da assinatura e da TOTALIDADE do repasse do dinheiro para as associações conveniadas para construção dos “banheiros”.

Por estar num Governo de continuidade, primeiramente passei a conhecer e avaliar todas as áreas e programas da secretaria para posteriormente realizar mudanças na equipe e imprimir a marca de uma nova gestão.

Ainda no mês de janeiro chegaram ao meu gabinete solicitações de prorrogação de PRAZO de diversos convênios e contratos, ato normal no serviço público. Dentre estes os das associações, para construção de kits sanitários, uma política pública importante que garante tirar pessoas da humilhante situação de terem que fazer suas necessidades em sacos plásticos porque não possuem um vaso sanitário em suas casas.

Continue lendo aqui.

 



0 comentários







0 comentários
Topo | Home