Nacional
Atualizado em: 02/06/2011 - 8:07 pm

Netinho pode ser cassado por quebra de decoro parlamentar.

O futuro do vereador Netinho de Paula (PCdoB) vai ser decidido no plenário da Câmara Municipal de São Paulo. O relatório do corregedor da Casa, aprovado por unanimidade, acusa o comunista de quebra de decoro parlamentar, crime no desempenho do mandato e abuso das prerrogativas do cargo.

Frias
Netinho é acusado porque teria utilizado notas frias para justificar gastos do gabinete. O caso foi revelado pelo jornal O Estado de São Paulo, em abril de 2010.

Relatório que avalia uso de notas frias para justificar gasto de gabinete foi aprovado nesta quinta-feira (02) por unamidade. O vereador nega todas as acusações.

Penalidade
A pena prevista para o caso é de suspensão do mandato de vereador  no período de 30 a 90 dias. Mas o avanço do processo pode até culminar na cassação de Netinho.

Plenário
O corregedor geral da Câmara, Marco Aurélio Cunha (sem partido),  afirma que o relatório deve ser submetido ao plenário. Se for aprovado, o processo vai gerar uma representação será aberta na corregedoria da Casa, só depois o pedido de cassação poderá ser formalizado.

Com informações do Estadão.com



0 comentários







0 comentários
Topo | Home