Ceará, Economia
Atualizado em: 23/02/2012 - 1:49 pm

O Ministério Público do Ceará denunciou, no último dia 14 de fevereiro, donos de um posto de combustíveis no município de Solonópole, interior do Estado, sob acusação de terem adquirido mercadorias sem nota fiscal.

O texto da acusação aponta que o valor total do material adquirido ilegalmente, apenas no ano de 2006, chega a R$ 1 milhão. De acordo com a promotoria, somente no ano passado foi feito o lançamento do tributo, desde então o caso pôde ser considerado crime.

A multa inicialmente aplicada aos acusados foi de R$ 610.500,55, mas com a atualização monetária supera a casa de R$ 1 milhão.

Leia mais:
Ministério Público investiga esquema de desvio de verbas entre empresa de Netinho e prefeitura no Ceará
Ministério Público solicita prestação de contas da Aprece, UVC e APDM

Ministério Público convoca audiência para discutir acidentes na BR-116



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.