Banheiros Fantasmas
Atualizado em: 13/12/2011 - 1:37 pm

Banheiro construído em Cariús (Foto: TCE)

O escândalo dos banheiros completa cinco meses nesta terça-feira (13) e até agora nenhum responsável pelo esquema de desvio de dinheiro foi punido. Segundo o Ministério Público do Ceará, estão sendo investigados mais de 90 convênios entre o governo e associações fantasmas em cerca de 50 municípios, que seriam responsáveis pela construção de kits sanitários em comunidades carentes.

De acordo com as investigações, mais de R$ 16 milhões foram liberados paras as obras que nunca saíram do papel. A liberação do dinheiro e a prorrogação dos prazos para a conclusão das obras foram feitas por três ex-secretários das Cidades, Joaquim Cartaxo, Jurandir Santigado (atual presidente do Banco do Nordeste) e Camilo Santana.

Três funcionários da secretaria das Cidades chegaram a ser exonerados durante o ápice do escândalo, em julho.

O relatório das investigações também apontou ligação direta entre os supostos presidentes das associações comunitárias com Teodorico Menezes, que na época exercia a presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE-CE). Após receber as denúncias, ele pediu o afastamento do órgão.

Vídeos:
Denúncia: banheiros pagos não foram construídos
Moradores de Pindoretama protestam contra possível fraude

Ex-secretários dizem que não sabiam de irregularidades em convênios

Deputados batem boca por causa do escândalo dos banheiros

Novos municípios
Esta semana foi divulgado um relatório do Tribunal de Contas do Estado sobre o andamento das investigações em cinco municípios do interior cearense – Aracoiaba, Canindé, Cariús, Cascavel e Pacajus. Só nestes casos, o rombo nos cofres públicos passou de R$ 500 mil.

O documento também apontou que não houve processo de seleção das entidades responsáveis para a construção dos kits sanitários por parte da secretaria das Cidades, burlando a legislação. Também não foram cobrados os atestados de funcionamento das entidades no período de dois anos antes dos contratos.

O TCE diz ser necessária uma audiência envolvendo secretários, ex-secretários e funcionários da secretaria das Cidades para explicarem as irregularidades. Nenhuma data foi firmadas para a reunião.

Devolução de R$ 800 mil
O Tribunal de Contas do Ceará (TCE) instaurou, no último dia 1° de dezembro, uma Tomada de Contas Especiais com o objetivo que pedir a devolução de R$ 800 mil repassados pela Secretarias das Cidades para as prefeituras e associações comunitárias responsáveis pela construção dos “Kits sanitários” nos municípios de Pacajus e Horizonte.

Com o intuito de descobrir quem retirou o dinheiro destinado aos banheiros que nunca foram construídos, o TCE também vai pedir a apresentação do microfilme dos cheques utilizados para sacar a verba.

Novo presidente do TCE
O Tribunal de Contas do Estado fará sessão especial, nesta terça-feira (13), a partir das 15h, para a eleição de seus dirigentes (biênio 2012-2013). Na eleição, o presidente interino da Corte, Valdomiro Távora encabeça chapa única e deve ser confirmado por consenso para a presidência do TCE pelos próximos dois anos.

Valdomiro assumiu a presidência interinamente após o afastamento de Teodorico Menezes, envolvido como um dos possíveis responsáveis pelo desvio de verbas do governo do Estado no Escândalo dos Banheiros Fantasmas.

Leia mais:
Escândalo dos banheiros: TCE solicita devolução de R$800 mil repassados a associações
Após denúncia: Associação fantasma em Pindoretama aluga sede e inicia atividades

Denúncia: Governo do Ceará pagou R$ 400 mil para construção de banheiros que não saíram do papel



2 comentários







2 comentários
Topo | Home


Mário Sampaio | terça-feira dezembro 13 2011 | 20:56

É uma vergonha! Só vai em pizza, são todos aliados do governo.

Valéria Lopes | quinta-feira janeiro 5 2012 | 15:34

PEDRO JÓSE o Prefeito de Pacajus, durante três anos de mandato , não fez nada para melhorar a cidade e ainda tem a cara de paú de colocar no eslogam da prefeitura “PACAJUS TRABALHANDO EM BUSCA DE RESULTADOS” . Queria q pelo menos ele tinvesse a decência de não aparecer tão cedo em praça publica e que não venha com o papo de dizer que tudo isso não passa de calunias da oposição. ESSE PAPO JÁ ESTA MANJADO PARA OS CIDADÃOS PACAJUENSES!