Bastidores
Atualizado em: 06/03/2019 - 3:21 pm

Ex-deputado cearense Carlos Matos representou o Brasil em encontro com o Papa Francisco. Foto: Divulgação

O ex-deputado estadual Carlos Matos foi o único político brasileiro escolhido para participar do encontro “Por uma nova geração de católicos latino-americanos na política”, promovido pela Academia de Líderes Católicos e pela Comissão Pontifícia para a América Latina, em Roma.

O curso teve início no dia 24 de fevereiro e foi concluído na última segunda-feira (4), com a palestra do Papa Francisco. “O Papa faz uma dura crítica ao Clericalismo, porque a igreja é composta por religiosos e leigos, e a esses cabe o papel de participar da política e da transformação da sociedade. A ideologia limita mas, na realidade, impede que se possa construir uma sociedade com menor desigualdade social”, afirma Matos.

Pauta
O programa incluiu a discussão sobre a missão da Igreja na América Latina, fazendo referência aos desafios cruciais nas vidas dos povos latino-americanos através de dados levantados por especialistas da Santa Sé; momentos de debate; visitas a lugares emblemáticos do testemunho cristão; momentos de oração, além de encontros entre os participantes. A ideia é formar futuras gerações de dirigentes latino-americanos.

Benção
Ao final do encontro, Carlos Matos apresentou ao Romano Pontífice a bandeira do estado do Ceará, a quem pediu uma benção especial e, assim, Francisco procedeu e persignou o sinal da cruz sobre o objeto. “Pedi para que ele abençoasse o nosso estado diante dos desafios, especialmente na questão da violência. Ele fez um discurso de grande estímulo para que uma nova geração de católicos possa atuar na política buscando o bem comum”, ressaltou Carlos Matos.



Comment closed







Comment closed
Topo | Home


Comments are closed.