Copa 2014
Atualizado em: 05/05/2014 - 9:12 am

Feriados da Copa do Mundo preocupam presidente da CDL de Fortaleza

Feriados da Copa do Mundo preocupam presidente da CDL de Fortaleza

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL-Fortaleza), Freitas Cordeiro, avalia que a Copa do Mundo é um evento grandioso e, por onde ela passa, deixa um resultado positivo, especialmente no meio turístico. O dirigente, no entanto, faz uma ressalva com relação aos impactos do evento na economia local.

“Como nossa cidade é turística, esperamos que elas nos deixem um bom legado. Mas depois do anúncio, que foi muito aplaudido por todos, nos deparamos com alguns problemas, que precisarão ser solucionados, a fim de que possamos colher melhor os frutos deste movimento de turistas aqui. Um deles foi a questão dos feriados, que nem deveriam estar sendo discutidos num momento desses, pois são muito nocivos para a nossa economia. Acho que esta discussão dos feriados, veio a empanar as perspectivas que tínhamos. Sem falar que, com isso, pode haver um incremento de manifestações e até atos de violência”, disse Freitas Cordeiro.

Dúvida
Ele diz que os empresários do varejo não estão sendo estimulados a investir mais em promoções voltadas para o evento, mas esta dúvida que ainda paira no ar – se haverá feriado ou não, nos dias de jogos -, traz muitos transtornos. “Além disso, em nenhum país onde ocorreu esta competição, não houve feriado. Não houve na África do Sul, na Alemanha, então perguntamos porque, somente aqui, teremos este tipo de coisa. O governo federal já anunciou que vai decretar ponto facultativo nos dias de jogos. Aqui no Ceará, poderia ser seguida esta mesma decisão, pois ela não prejudica ninguém. O melhor seria, só quando a Seleção Brasileira jogar, os estabelecimentos comerciais funcionariam normalmente no primeiro horário e, após o almoço, os funcionários serem liberados para assistir em suas casas, afinal, todos gostamos de futebol”, salientou.

Feriados
O presidente da entidade afirmou já ter ficado sabendo que a maioria das cidades-sede não decretarão feriado nos dias dos jogos da Copa do Mundo. “Inclusive a capital federal, Brasília, anunciou esta decisão, pois isto em nada anima o nosso comércio. Gostaríamos que não houvesse regulamentação ou interferência alguma, pois tradicionalmente o nosso comércio já libera os funcionários para assistirem aos jogos da Seleção Brasileira em casa. Não precisa de decreto ou lei para isso. Deveríamos estar discutindo ações positivas para aproveitar o momento da Copa, que é único. Acredito que o prefeito Roberto Cláudio vai se sensibilizar e não decretar feriado nos dias de jogos do Brasil”, destacou.

Obras
Para Freitas Cordeiro, o evento em si já vai marcar a história da cidade, pois com as obras de infraestrutura que estão sendo realizadas, ficarão à disposição dos fortalezenses e nossos visitantes, após a competição. “Com a ampla divulgação internacional da competição, Fortaleza ficará ainda mais conhecida, atraindo um número cada vez maior de turistas para cá. Os corredores turísticos como as avenidas Monsenhor Tabosa e Beira Mar, além de taxistas e setor de serviços, terão um impacto mais direto e imediato com os turistas que virão para a nossa cidade assistir aos jogos da Copa. Mas o comércio só sentirá estes reflexos posteriormente. Então ele não pode ser penalizado com a decretação de feriados, o que seria duplamente frustrante”, completou.

Com informações do jornal O Estado



0 comentários







0 comentários
Topo | Home