Eleições 2014
Atualizado em: 26/10/2014 - 10:40 pm

"Festa da vitória" reúne aliados e Camilo diz que terá responsabilidade de unir o Ceará. Foto: Nayanna Melo/OE

“Festa da vitória” reúne aliados e Camilo diz que terá responsabilidade de unir o Ceará. Foto: Nayanna Melo/OE

Com 53,35% dos votos válidos, Camilo Santana (PT) é eleito governador do Ceará. O petista garantiu 2.417.668 votos contra 2.113.940 do peemedebista Eunício Oliveira que consolidou 46,65% dos votos válidos.

Na festa da vitória, que reuniu milhares de militantes em seu comitê central, na Avenida Sebastião de Abreu, Camilo comemorou ao lado de seus aliados políticos: o governador do Estado, Cid Gomes (Pros), o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros) e do secretário de Saúde, Ciro Gomes (Pros).

“Sei que minha responsabilidade é muito grande e, a partir de agora, minha responsabilidade é de unir o Ceará”, disse Camilo Santana em entrevista coletiva à imprensa em seu comitê central.

Eunício
Já Eunício Oliveira, durante entrevista à imprensa em seu escritório, localizado na Av. Santos Dumont, agradeceu os votos recebidos e desejou ao governador eleito, “muita sorte, que ele cuide dos cearenses honrados”.

Leia aqui:
Eunício deseja boa sorte a Camilo e afirma que vai trabalhar pelo Ceará no Senado
Camilo Santana é eleito governador do Ceará

Dilma
Na ocasião, Camilo vibrou com a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). “Quero muito, como governador, ajudar a presidente Dilma a fazer as reformas que o Brasil precisa. O que as ruas disseram e que o povo brasileiro também falou por meio das urnas é importantíssimo para nós fazermos, agora, uma reforma política, uma reforma tributária”, reverberou. Após o anúncio oficial da eleição da presidente Dilma e do petista, milhares de militantes compareceram ao seu comitê central e na Avenida da Universidade.

União
Comentando sobre as expectativas de seu governo, Camilo citou que, ao chegar na chefia do Palácio da Abolição, irá dialogar com todos os partidos aliados. Questionado sobre uma possível aproximação com seu atual adversário político, que também trabalhou para eleger Dilma no Ceará, respondeu: “A campanha acabou hoje. Nós vamos aguardar, nosso papel é unir o Ceará”.

Influência de Cid e novo secretariado
O petista também não quis comentar como será a atuação do seu padrinho político, o governador do Estado, Cid Gomes (Pros), em sua administração. “Eu sou muito grato. Tenho um carinho muito grande pelo Cid, tive o privilégio de seguir o Ceará e, para mim, foi o maior governador do Estado. Mas eu e Izolda faremos um governo novo nos próximos quatro anos”, articulou. O futuro governador falou ainda que irá governar com parceria com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros). Sobre como será o critério de escolha dos novos secretários, Camilo reverberou apenas que “ainda era muito cedo para tratar do assunto”.

Festa na Avenida da Universidade
Tradicional reduto petista, a Avenida da Universidade, no bairro Benfica, em Fortaleza, encheu-se de simpatizantes e militantes para comemoram a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e a eleição de Camilo Santana (PT) para o Governo do Estado.

Diversos políticos também estiveram no local, como o vereador Deodato Ramalho, o deputado estadual eleito Moses Rodrigues, o deputado federal José Guimarães, o presidente do PT cearense Francisco de Assis, o deputado estadual eleito Elmano de Freitas e o vereador Acrísio Sena. Todos discursaram em um palco montado no meio da avenida. Bandas musicais animavam os militantes.

Com informações do OE



0 comentários







0 comentários
Topo | Home