Eleições 2012, Ficha Limpa
Atualizado em: 26/04/2012 - 10:07 am

O procurador Márcio Torres esteve no programa Primeiro Plano e falou sobre fiscalização e a Ficha Limpa para a eleições de 2012.

De olho no cumprimento da Lei da Ficha Limpa, o procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, sugeriu aos procuradores regionais eleitorais a elaboração de um banco de dados dos políticos ficha suja em cada um dos Estados. A ideia é se preparar de antemão para quando esses políticos (inelegíveis, segundo a lei da Ficha Limpa) registrarem candidatura para as eleições de 2012.

Pressa
A razão da pressa: uma vez requerida uma candidatura, os tribunais terão apenas 5 dias para impugnarem. Ou seja, muito pouco tempo para começar a pesquisa do zero.

Ceará
No Ceará o procurador regional eleitoral, Márcio Andrade Torres, pediu aos Tribunais de Contas do Estado, Municípios e da União, além do Tribunal Regional Eleitoral um levantamento sobre condenações de possíveis candidatos aos cargos de prefeito e vereador com vistas às próximas eleições. “Isso já foi feito aqui em 2010, mais de 10 candidaturas chegaram a ser impugnadas” afirma o procurador.

Márcio Torres lembra também que na época as discussões sobre a validade da lei da Ficha-Limpa no Tribunal Superior Eleitoral e no Supremo Tribunal Federal ainda não era conclusivas.

Veja o vídeo:
Primeiro plano especial sobre eleições entrevista Márcio Torres. Destaque para Ficha Limpa em 2012

Banco de Dados
Um banco de dados com informações de todas as cortes deve for formulado para os 123 promotores eleitorais do Ceará até o próximo dia 15 de junho. “Na medida do possível é uma antecipação do levantamento desses dados […] é um check list muito complexo, por que são várias hipóteses que precisam ser analisadas” justifica.

Na reeleição
Torres garante que também já solicitou aos promotores de cada zona eleitoral que façam um levantamento com atuais prefeitos e vereadores para evitar problemas em hipótese de reeleição. “Se não houver esse levantamento, vai passar candidato ficha-suja” conclui.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.