Articulação, Nacional
Atualizado em: 01/09/2011 - 7:16 am

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, assumiu compromisso com lideranças da base aliada do governo de que vai solicitar ao presidente do Congresso Nacional, senador José Sarney (PMDB-AP), que a votação do projeto de distribuição dos royalties sobre o petróleo extraído da camada de pré-sal seja adiada do dia 22 de setembro para 5 de outubro.

A informação foi transmitida pelo senador Wellington Dias (PT-PI) depois de reunião no gabinete do ministro Mantega, que teve participação também dos ministros de Minas e Energia, Edison Lobão, e de Assuntos Institucionais, Ideli Salvatti, além de deputados e senadores. Lobão e Ideli não falaram com os repórteres de plantão.

Entendimento
Wellington Dias disse que o adiamento se justificava para que estados produtores e não produtores de petróleo “coloquem os números na mesa” e abram espaço para um entendimento duradouro. Esse também é o entendimento do líder do governo na Câmara, deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que defende mais negociações entre os parlamentares dos diferentes estados.

Proporcional
A intenção, segundo ele, é resolver de uma vez por todas a polêmica relacionada com a emenda do ex-deputado Ibsen Pinheiro, que estabelecia distribuição proporcional dos royalties para todas as unidades da Federação. Projeto vetado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no final do ano passado.

 Com informações da Agência Brasil



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.