Ceará
Atualizado em: 12/09/2013 - 4:21 pm

Greve: Bancários decidem se cruzam os braços em assembleia nesta quinta

Greve: Bancários decidem se cruzam os braços em assembleia nesta quinta

Bancários de instituições públicas e privadas do Estado farão assembleia nesta quinta-feira (12), às 19 horas, na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará, para rejeição da proposta da Fenaban e definição da greve por tempo indeterminado a partir da próxima quinta-feira, dia 19 de setembro.

“A proposta dos bancos é uma provocação, um total desrespeito aos bancários. Só uma forte mobilização da categoria fará os bancos respeitarem os trabalhadores e melhorarem a proposta”, afirma Carlos Eduardo Bezerra, presidente do Sindicato.

Calendário
A categoria elaborou um calendário de reivindicações. Acompanhe abaixo:

  • 12 de setembro – Assembleia às 19 horas, na sede do Sindicato (Rua 24 de Maio, 1289, Centro- Fortaleza), para rejeitar a proposta dos banqueiros e deliberar sobre greve por tempo indeterminado, a partir do dia 19/9;
  • 18 de setembro – Assembleia organizativa da greve, às 19 horas, no Sindicato;
  • 19 de setembro – inicio da greve nacional dos bancários por tempo indeterminado.

Pauta
A categoria reivindica, entre outros pontos:

  • Reajuste salarial de 11,93% (5% de aumento real mais inflação projetada de 6,6%)> PLR: três salários mais R$5.553,15;
  • Piso: R$ 2.860,21 (salário mínimo do Dieese).
  • Auxílios alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá: R$678 ao mês para cada (salário mínimo nacional).
  • Melhores condições de trabalho, com o fim das metas abusivas e do assédio moral que adoece os bancários.
  • Emprego: fim das demissões, mais contratações, aumento da inclusão bancária, combate às terceirizações, especialmente ao PL 4330.
  • Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para todos os bancários.
  • Auxílio-educação: pagamento para graduação e pós-graduação.
  • Prevenção contra assaltos e sequestros, com o fim da guarda das chaves de cofres e agências por bancários.
  • Igualdade de oportunidades para bancários, com a contratação de pelo menos 20% de negros e negras.


0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.