Eleição
Atualizado em: 03/03/2016 - 10:08 am

Evento em Fortaleza contará com lideranças nacionais do PDT. Foto: Nayana Melo

Evento em Fortaleza contará com lideranças nacionais do PDT. Foto: Nayana Melo

Deputados estaduais e federais ligados aos irmãos Ferreira Gomes, além da vice-governadora Izolda Cela, assinam esta semana a ficha de filiação ao PDT com o objetivo de fazer o novo partido crescer rumo a um projeto presidencial em 2018 e também ampliar suas bases na disputa municipal em 2016.

Os parlamentares eram filiados ao Pros. A solenidade está marcada para esta quinta-feira (03), a partir das 19 horas, em jantar no Náutico Atlético Cearense.

A mudança conta com a bênção do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e do presidente estadual André Figueiredo, também ministro das Comunicações, e visa fortalecer a bancada federal do partido – hoje com apenas 19 deputados -para dar mais tempo de TV à sigla, além de verbas do fundo partidário.

“Vai ser um evento festivo, com jantar de adesão, para juntar todas aquelas pessoas que vão se filiar ao nosso partido”, frisou André Figueiredo, que prevê a filiação de nove deputados estaduais e mais três deputados federais.

Maior
Segundo o ministro, com as novas filiações, o PDT se tornará a maior legenda do Estado do Ceará em termos de parlamentares. “Nós esperamos com essas novas filiações que o partido se consolide como uma legenda que tem história, que tem tradição no Estado do Ceará, que vai ser o maior do Ceará e faça um papel relevante, oferecendo boas opções para a população na escolha de grandes nomes para os cargos de vereador e de prefeito”, destacou o ministro.

Janela
A migração do grupo político dos irmãos Cid e Ciro Gomes, que já estão filiados ao PDT, foi iniciada em 2015, mas só será concluída agora após “abertura” na legislação eleitoral . A troca de partidos, sem sanções da Justiça Eleitoral, se tornou possível desde a quinta-feira, 18 de fevereiro, com a promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n° 182/2007, no Senado. A chamada “janela partidária” ficará aberta por 30 dias.

Figueiredo lembrou, ainda, que serão realizados encontros regionais para filiação de lideranças ao PDT, nos municípios de São Gonçalo do Amarante, Camocim, Crateús, Crato e Iguatu.

Reeleição
Quase todos os prefeitos cearenses que seguem a orientação do grupo cidista também já se filiaram, juntamente com alguns vereadores. O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, já está filiado ao PDT desde setembro de 2015. Sobre a disputa eleitoral em Fortaleza, o ministro informou que a candidatura de reeleição do prefeito Roberto Cláudio continua “de vento em popa” porque, segundo ele, a sua administração é a “melhor dos últimos anos” e, todas as áreas, com destaque em mobilidade urbana, saúde e educação. “Essa postulação vai melhorar mais ainda com essas novas adesões ao partido que vão ocorrer nesta quinta-feira”, salientou.

Apoio
Figueiredo afirmou que as filiações não mudaram o posicionamento do partido junto ao governador Camilo Santana e a presidente Dilma Rousseff, a quem teceu elogios. Segundo o ministro, nos próximos meses, o Governo Federal começará a dar sinais de melhorias, justificando que Dilma já está tomando todas as providências para a retomada do crescimento.“2015 foi um ano de crise aguda, mas acredito que, já neste ano, nós já vamos conseguir algumas melhoras”, disse, acrescentando que o ministro Nelson Barbosa, da Fazenda, está tomando as providências necessárias no que se refere a enxugamento, mas sem esquecer apoio ao setor produtivo. “Já dá para a gente perceber que as coisas estão começando a melhorar, ainda é hora de sofrimento para a população, mas vem coisa boa por aí”, ressaltou.

Quem deixa o Pros para o PDT
Estaduais: Sérgio Aguiar, Antônio Granja, Dr. Sarto, Ivo Gomes, Jeová Mota (atualmente secretário do Esporte), Manoel Duca, Robério Monteiro, Mirian Sobreira (na Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas) e o presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque.

Federais: Ariosto Holanda, Antonio Balhman, Leônidas Cristino e Vicente Arruda

E ainda: A vice-governador do Ceará, Izolda Cela, e o secretário da Fazenda do Estado, Mauro Filho, também irão oficializar a filiação ao PDT.

Com informações do OE



0 comentários







0 comentários
Topo | Home