Entrevista
Atualizado em: 18/03/2015 - 1:22 pm

Guimarães defende taxação de "grandes fortunas". Foto: Divulgação

Guimarães defende taxação de “grandes fortunas”. Foto: Divulgação

O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT) defendeu que seja pautada a taxação de grandes fortunas como uma das medidas em resposta às manifestações ocorridas no final de semana.

Guimarães, porém, ressaltou que a proposta da taxação é uma opinião pessoal dele, e não do governo, e que ainda não conversou com a presidente Dilma Rousseff sobre o assunto.

“Eu penso que nós temos que avançar, é opinião minha, na taxação, algum tipo de tributo, para as grandes fortunas, as grandes heranças e aqueles grandes rentistas no exterior”, afirmou.

Ajuste
Citando a proposta de ajuste fiscal que tramita no Congresso, o petista ressaltou que o governo tem que preservar os direitos dos trabalhadores e do setor produtivo, que produz e gera emprego, e “avançar na direção que, aliás, todas as democracias modernas do mundo estão tomando”.

Mudança
“As ruas estão sinalizando mudança. Eu sou líder do governo e o governo tem que mudar mesmo. Tem que fazer mudanças importantes porque esse ciclo pra mim está encerrado. Seria um recomeço, eu diria pra vocês”, afirmou, citando a necessidade de aprovação de uma reforma política, e o pacote anticorrupção que deve ser enviado pela presidente ao Congresso.

Com informações do OE



0 comentários







0 comentários
Topo | Home