Ceará
Atualizado em: 29/06/2013 - 11:00 am

Heitor Férrer quer mudanças no Judiciário. Foto: Paulo Rocha/AL

Heitor Férrer quer mudanças no Judiciário. Foto: Paulo Rocha/AL

Analisando a voz das ruas, o deputado Heitor Férrer (PDT) destaca a necessidade de modificar a estrutura da Justiça brasileira. Ele critica o excesso de prazos para que os processos sejam apreciados.

Nove anos
Férrer citou que no último dia 19, foi concluído o julgamento, pelo Supremo Tribunal Federal, da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) sobre prerrogativas de procuradores do Rio Grande do Norte. O julgamento foi iniciado em 2005, quando o ministro Gilmar Mendes pediu vista do processo.

Não pode?
“Depois de nove anos, o ministro traz seu voto de vistas sobre aquilo que se iniciou em 2005. Isso tem que mudar”, rechaçou Férrer. “O que não pode é um julgador ficar com um processo em seu gabinete, a lei vigorando e, no final, a lei é dita inconstitucional”, completou o parlamentar.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.