Horário Eleitoral Gratuito
Atualizado em: 20/08/2014 - 3:27 pm

Horário eleitoral: Programas ressaltam trajetória, aliados e homenagens

Horário eleitoral: Programas ressaltam trajetória, aliados e homenagens

A estreia dos candidatos ao governo do Ceará e ao Senado, no Horário Eleitoral Gratuito, nas cadeias de rádio e televisão, aconteceu nesta quarta-feira (20) e foi marcada pela ausência de ataques entre os principais postulantes ao Palácio Abolição. Os programas evidenciaram a trajetória, com a presença de cabos eleitorais e ainda guardaram espaço para homenagens. 

Ailton
O Candidato do Psol, Ailton Lopes, foi o primeiro a falar. Ele criticou a “velha política” e aproveitou o tempo para apresentar-se ao eleitor. 
Nomes conhecidos, como o vereador João Alfredo e o advogado Renato Roseno, fizeram parte do programa.

Eunício
Eunício Oliveira (PMDB) evitou ataques ao governo atual e ressaltou que pretende fazer uma campanha limpa e “sem baixaria”. O peemedebista começou o programa com sua biografia narrada ao som de um repentista. A música contou desde sua infância na cidade da Lavra da Mangabeira até sua entrada na vida pública. No meio do programa, foram apresentadas algumas propostas para a administração do Ceará.

Camilo
O petista Camilo Santana, apoiado pelo governador Cid Gomes (Pros), apostou no discurso de que é o candidato da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula para se apresentar ao eleitor. A coligação também usou parte do programa para exibir aliados, que enumeravam as ações e qualidades do petista. O programa terminou com o jingle do candidato.

Eliane
A candidata do PSB, Eliane Novais, usou o tempo da propaganda para prestar homenagem ao ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, morto em acidente aéreo na semana passada.

Senado
Os candidatos ao Senado seguiram uma linha semelhante a dos postulantes ao governo do Ceará. Apenas Tasso Jereissati (PSDB) se apresentou de forma diferente.  Ao invés de falar sobre sua trajetória, Tasso pareceu em uma roda de conversa com jovens, onde ele explicou como fez para devolver à população, em 1987, quando assumiu o Governo pela primeira vez, o sentimento de “orgulho de ser cearense” .



0 comentários







0 comentários
Topo | Home