Banheiros Fantasmas
Atualizado em: 20/06/2012 - 10:16 am

Jurandir Santiago deixa a presidência do BNB após ter o nome incluído entre os investigados pelo Ministério Público no caso dos Banheiros Fantasmas

O presidente do Banco do Nordeste, Jurandir Santiago, decidiu entregar o cargo após ter o nome incluído no rol de investigados pelo Ministério Público Estadual no Escândalo dos Banheiros Fantasmas no município do Ipu. Na noite desta terça-feira (19) Jurandir colocou o cargo à disposição do Ministro da Fazenda,  Guido Mantega.

Participação
Na última sexta-feira (15), o desembargador Darival Beserra, do Tribunal de Justiça do Ceará, relatou a possibilidade de “conivência” do atual presidente do BNB, pois, segundo o relatório apresentado pelo desembargador, o prefeito de Ipu conseguiu a liberação dos recursos, apesar de não ter construído nenhum “kit sanitário” no Município. Conforme o magistrado, Jurandir Santiago teve “decisiva e relevante” participação no caso.

Investigado
Na noite de terça-feira (19), o procurador Geral de Justiça, Ricardo Machado, anunciou que decidiu incluir o presidente do Banco do Nordeste, Jurandir Santiago, no rol dos denunciados no processo do escândalo dos “Banheiros Fantasmas” no município do Ipu.

Leia ainda:
Secretaria das Cidades também financiou banheiros fantasmas em Ipu   
Secretaria das Cidades e Prefeito de Ipu rebatem denúncias sobre fraude em kits sanitários

E agora?
Na ausência de Jurandir, será indicado um presidente interino. O governo ainda aguarda o retorno da presidente da República, Dilma Rousseff, que está em viagem oficial ao México, para decidir sobre o futuro da diretoria do Banco.

Técnico
A expectativa é que Dilma Rousseff dê preferência a um nome técnico, evitando nomeações políticas para a direção do BNB. Jurandir Santiago assumiu a presidência do Banco no Nordeste com indicação do grupo liderado pelo governador Cid Gomes (PSB).



0 comentários







0 comentários
Topo | Home