Ceará
Atualizado em: 10/05/2011 - 9:08 pm

O Tribunal de Justiça do Ceará decretou, na tarde desta terça-feira (10), a prisão do prefeito afastado de Nova Rusas, Marcos Alberto Martins Torres (PSC), e de mais quatro secretários municipais.

Além de atos de improbidade administrativa supostamente cometidos em parceria com empresas “laranjas”, o prefeito é acusado de desvios de mais de R$ 8 milhões do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para contas pessoais de sua mulher e de sua filha.

Leia mais
Prefeito de Nova Russas é novamente afastado do cargo

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Câmara Municipal de Nova Russas, o prefeito de Nova Russas é acusado, também, de enriquecimento ilícito. O Ministério Público ingressou com uma ação criminal após denúncias de vereadores e do padre da cidade, alegando que Marcos Alberto – mesmo afastado do cargo – continuava na Prefeitura.

A prisão foi decretada pela desembargadora Francisca Adelineide Viana. Receberam mandato de prisão a secretária de Administração Planejamento, o sobrinho do prefeito Francisco Azevedo Junior e seu sócio Marcos Alberto – os dois últimos também ocupavam cargos nas secretarias do município.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home