Lava Jato
Atualizado em: 15/03/2017 - 8:09 am

Lista de Janot incluiria cinco ministros de Temer, senadores, Lula e Dilma

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou 320 pedidos ao Supremo Tribunal Federal (STF) relacionados às delações premiadas de 77 representantes da Odebrecht. Apesar de os nomes dos alvos dos pedidos não terem sido divulgados, uma vez que a solicitação tem caráter sigiloso, diferentes jornais (Folha de S.Paulo, Estadão e O Globo) já anteciparam que a lista incluiria pelo menos cinco ministros de Temer, senadores, Lula e Dilma.

O Estado de S.Paulo destaca: “Janot pede investigação de Lula, Dilma e 5 ministros de Temer”. O Globo sublinha: “Lista de Janot inclui Lula, Dilma, Aécio, Serra…”. A Folha de S. Paulo informa: ” Lista de Janot inclui 5 ministros de Temer, além de Lula e Aécio”.

Ministros
Segundo a Folha, são citados os seguintes ministros: Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), Bruno Araújo (Cidades), Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia e Comunicações) e Aloysio Nunes Ferreira (Relações Exteriores).

Câmara e Senado
Também, de acordo com o jornal, estariam na lista: os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), além dos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Romero Jucá (PMDB-RR), Edison Lobão (PMDB-MA), José Serra (PSDB-SP) e Aécio Neves (PSDB-MG).

Lula e Dilma
Os nomes dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff e dos ex-ministros Guido Mantega e Antonio Palocci são citados, segundo os jornais, nos pedidos de investigação. Sem cargos públicos e sem foro privilegiado, os casos poderão ser enviados a instâncias inferiores.

Com informações da Folha e do G1



0 comentários







0 comentários
Topo | Home