Partidos
Atualizado em: 29/06/2011 - 9:54 am

Luizianne Lins se emocionou e se disse "vingada" pelas apoiadoras

A Secretaria de Mulheres do Partido dos Trabalhadores (PT) realizou, na tarde desta terça-feira (28), uma caminhada em defesa da gestão da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins. Cerca de 600 mulheres percorreram, durante aproximadamente meia hora, as ruas Floriano Peixoto e Castro e Silva, terminando no Paço Municipal.

Luizianne recebeu as “apoiadoras” do movimento Onda Lilás com muita emoção. Entre elas, estavam mulheres filiadas ao PT, funcionárias municipais, além de líderes comunitárias. Durante discurso improvisado, a prefeita lamentou o que, segundo ela, são “golpes baixos da oposição”. A gestora acrescentou ainda que não vai abrir mão do mandato e que vai reeleger um sucessor.

Lágrimas e promessas
A prefeita de Fortaleza ficou tão emocionada que até chorou. As lágrimas, ela disse ter se sentido “vingada” pelas apoiadoras e que o movimento só trará energia para continuar a gestão. Durante a fala, Luizianne destacou também que as obras do Hospital da Mulher, promessa de campanha, serão concluídas até o fim de seu mandato.

Crítica
A petista criticou ainda manifestações contra a sua gestão. “Movimento de verdade é o nosso e não uma meia dúzia de patricinhas e mauricinhos que vem aqui para querer destruir nosso governo”, disse ela ao se referir ao movimento #ForaLuizianne, organizado pelo empresário Tarsísio Rocha, pelo Facebook, que protestou contra a prefeita no dia do aniversário da Capital.

Com informações do O Povo



2 comentários







2 comentários
Topo | Home


Rebeca Aristides | quarta-feira junho 29 2011 | 11:56

E diziam que a Luizianne estava acabada. Pessoal antecipa muito as coisas. Muito forte a manifestação a favor dela. É bom lembrar que eram só mulheres e já deu muito mais gente que aquela que teve contra ela uns dois meses atrás. É preciso respeitar a força e a trajetória dos grandes nomes da política cearense, sejam eles de qualquer partido. Luizianne continua viva.

JOÃO TELES | quarta-feira junho 29 2011 | 16:30

Lilás? A coisa está é preta!