Câmara Municipal
Atualizado em: 10/01/2017 - 10:25 am

Benigno Júnior está entre os vereadores que já apresentaram os primeiros projetos de indicações e requerimentos. Foto: Genilson de Lima

A Câmara de Vereadores de Fortaleza já recebeu 11 projetos de lei, além de 8 de indicação e 79 requerimentos. Os parlamentares da nova legislatura tomaram posse no dia 1º de janeiro e, em menos de 24 horas, as proposições começaram a ser apresentadas por eles.

Ao todo, mais de 90 matérias aguardando o início do ano legislativo para receberem análise dos parlamentares. Na conta, constam ainda três requerimentos de licença do cargo dos vereadores Elpídio Nogueira, Antonio Henrique, ambos do PDT, e Evaldo Lima, que assumiram cargo na administração municipal.

O primeiro projeto apresentado neste ano é do vereador Célio Studart (SD) e sugere a construção de um hospital público veterinário em Fortaleza. O assunto, inclusive, foi bandeira de campanha do parlamentar. Já o vereador reeleito Benigno Júnior (PDT) apresentou os primeiros projetos de indicações e requerimentos. Na relação está a sugestão ao prefeito Roberto Cláudio a implantação de uma mini areninha no campo de futebol soçaite no polo de lazer da Lagoa do Opaia.

Fevereiro
As atividades legislativas terão início em fevereiro com a leitura da mensagem do prefeito Roberto Cláudio. No dia seguinte terão início as sessões ordinárias, quando são realizadas as discussões e votações acerca dos projetos do Executivo e do Legislativo Municipal. Mas, a expectativa maior para esse primeiro semestre é devido a nova composição. 27 dos 43 vereadores eleitos chegam ao cargo pela primeira vez, alcançando um nível de renovação de 63%. Na eleição passada, em 2012, o índice foi de 44%, enquanto que em 2008, a modificação foi de 61%. O PDT foi o partido que elegeu a maior bancada em Fortaleza, com oito vereadores. As legendas que fazem parte da base de apoio de Roberto Cláudio emplacaram 74% das vagas no Legislativo.

Expectativas
Márcio Cruz (Pros) espera que o ritmo de trabalho do ano passado seja mantido. Inclusive, entre os projetos já apresentados para esta nova legislatura, a proposta de criar a patrulha Maria da Penha e suas diretrizes de atuação no município de Fortaleza. “O trabalho continua diário e espero dar continuidade ao mesmo ritmo, retribuindo o apoio do eleitoral”, frisou ele, que também quer discutir os problemas de cada bairro de Fortaleza e, para isso, já requereu algumas audiências públicas.

“Bancada da bala”
Em seu primeiro mandato, o vereador Evaldo Costa (PRB) disse que, mesmo envolvido com trabalhos na área policial, desenvolverá projetos visando a melhoria da saúde pública na capital cearense. “Já venho conversando a tempo com as comunidade e ouvindo sobre o que pode ser reivindicado e quais projetos serão colocados em pauta”, disse ele, acrescentando que algumas pessoas já o apontam como membro da bancada da bala, mas, na realidade, segundo ele, além de pauta envolvendo segurança pública, pretende discutir ainda programas sociais para ajudar a juventude.

Reeleitos
Tão logo a Casa Legislativa retorne, os vereadores reeleitos Casimiro Neto (PMDB) e Luciram Girão (PDT) afirmam que, em 2017, darão continuidade aos trabalhos nas comunidades. “Nós, tivemos a oportunidade de visitar todos os bairros, ouvindo as lideranças e, assim, apresentar projetos”, frisou Casimiro Neto. “Continuarei trabalhando com independência e altivez em benefício ao povo de Fortaleza. Tudo que vier para esta Casa em prol do povo, estarei votando a favor”, afirmou Luciram Girão.

Com informações do OE



0 comentários







0 comentários
Topo | Home