Ceará
Atualizado em: 29/07/2013 - 7:00 am

Manifestantes permanecem no Parque do Cocó e prometem se amarrar às árvores. Foto: Fernanda Meireles

Manifestantes permanecem no Parque do Cocó e prometem se amarrar às árvores. Foto: Fernanda Meireles

O grupo de manifestantes, acampados no Parque do Cocó para protestar contra a construção dos viadutos que a Prefeitura de Fortaleza pretende erguer entre as avenidas Antonio Sales e Engenheiro Santana Júnior, afirma que não recebeu a visita de nenhum representante da administração municipal, levando um apelo do prefeito Roberto Cláudio (PSB), para que eles desocupem o local.

Mas depois que a Justiça liberou a obra e a construção foi retomada, os manifestantes cogitam se amarrar as árvores para permanecer no local, caso a força policial seja acionada para retirar o grupo da área. 

Apelo
Após solenidade no Tribunal de Justiça do Ceará (TJ/CE), na sexta-feira (26), o prefeito Roberto Cláudio disse que solicitou à Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) que fizesse um apelo aos manifestantes, acampados desde o dia 12 de julho no Parque do Cocó, para que desocupem o local, permitindo assim a retomada das obras.

Veja aqui:
Roberto Cláudio faz apelo para que manifestantes desocupem o Parque do Cocó

Pela imprensa?!
O vereador João Alfredo explicou que os manifestantes tomaram conhecimento da informação através da imprensa. João Alfredo, que participou no domingo (28) de um “Piquenique com a criançada – malabares, trilha, oficina de máscaras, pipas, contação de histórias etc” afirmou que, até o momento, o grupo não recebeu qualquer apelo e nenhum representante da Prefeitura de Fortaleza esteve no local para dialogar com os manifestantes.

“Agora, os manifestantes fazem um apelo ao prefeito, para que ele realize uma audiência pública, ou realize um concurso de idéias, para que seja apresentada outras soluções. Isso abre um precedente. Daqui a pouco o Parque desaparecerá”, salientou o vereador.

Liberação
Na última sexta-feira (26), a Secretaria do Patrimônio da União autorizou a realização da obra de construção dos dois viadutos. A Justiça também já havia liberado a obra. 

Leia aqui:
Patrimônio da União libera construção dos viadutos no Cocó mas prefeito deve dar explicações à PF

Programação
Nesta segunda-feira (29), os integrantes do movimento participam de algumas mobilizações e atividades no local para fortalecer a manifestação. Na terça-feira (30), eles prometem uma manifestação em frente ao Paço Municipal e ao Palácio da Abolição com concentração às 14 horas, no Passeio Público.

Veja a galeria de fotos da mobilização:

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me