Bastidores
Atualizado em: 19/10/2011 - 6:58 am

Médicos da rede municipal de Fortaleza estiveram reunidos na noite de terça-feira (18), na sede do Conselho Regional de Medicina (Cremec), para discutir as condições de trabalho da categoria no Município.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará (Simec), José Maria Pontes, afirmou que  a categoria vai realizar nova assembleia, no dia 8 novembro (terça-feira) para decidir os rumos. “Será um novo momento, só aí decidiremos se haverá greve ou não”, destacou.

De acordo com José Maria Ponte, os médicos irão propôr uma reunião com a Secretaria da Saúde do Município no dia 4 de novembro. Ainda segundo ele, existe uma segunda parcela das gratificações atrasadas a serem pagas.

Paralisação dos serviços do SUS
Com o objetivo de chamar atenção da sociedade, da imprensa e do Governo para as más condições de trabalho e para mostrar que estão insatisfeitos com a saúde pública, a categoria ameaçou paralisar os serviços da rede do Sistema Único de Saúde (SUS). Apenas os casos de urgência e emergência seriam atendidos, sendo suspensos os casos eletivos.

Leia mais:
Médicos do Ceará se reúnem para discutir condições de trabalho no SUS
Médicos municipais recebem pagamento e cancelam reunião que aconteceria na quinta-feira
Médicos do SUS de Fortaleza podem decretar greve nesta quinta
Médicos podem paralisar as atividades a partir do dia 19



0 comentários







0 comentários
Topo | Home