Em Brasília, Nacional
Atualizado em: 21/07/2011 - 10:26 am

Da Redação do Jangadeiro Online

O Ministério do Turismo assinou três contratos com o Instituto Brasileiro de Hospedagem (IBH) no valor total de R$52.2 milhões . A ONG é dirigida pelo empresário César Gonçalves, que foi afastado da Brasiliatur, estatal que coordena ações do turismo do governo no Distrito Federal, há cerca três anos.

César deixou o cargo em meio a denúncias de desvio de verbas durante a administração do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, o qual renunciou ao mandato após o escândalo do mensalão do DEM.

Destino dos recursos
O dinheiro repassado ao Instituto Brasileiro de Hospedagem foi destinado à promoção de cursos à distância para mensageiros, recepcionistas e gerentes, entre outros empregados de hotéis das cidades que vão receber turistas durante a Copa de 2014.

Governos Lula e Dilma
Os três convênios foram assinados nos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff. Dois deles, na gestão de Lula: um em 31 de dezembro de 2009, de R$ 9,9 milhões, e o outro em 31 de dezembro de 2010, de R$ 16,8 milhões.

O outro, no governo Dilma, foi assinado no dia 6 de julho deste ano. Este foi o maior contrato entre a ONG e o Ministério do Turismo, no valor de R$ 25.5 milhões.

Leia mais:
Ministérios do Turismo e Cidades são os novos alvos de Dilma

Com informações do jornal O Globo



0 comentários







0 comentários
Topo | Home