Ceará
Atualizado em: 29/06/2011 - 4:06 pm

Prefeito de Ibaretama, Francisco Edson de Moraes

A Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP) do Ministério Público Estadual denunciou, perante as Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, o prefeito do município de  Ibaretama, Francisco Edson de Moraes (PSB), e mais 20 pessoas.

Leia mais:
Prefeito de Ibaretama será ouvido pela PGJ
Operação Caça-fantasma prende ex-prefeito de Tianguá
OAB abre processo contra prefeito de Senador Pompeu
STJ nega habeas corpus ao prefeito de Senador Pompeu. Gestor continua foragido

Segundo a denúncia, todos estariam envolvidos em um grande esquema de corrupção e fraudes em licitações no município. Foi requerida a decretação da prisão preventiva e o afastamento do prefeito e dos denunciados.

Pedido de prisão
Raimundo Rodrigues Filho,Francisco Júnior de Queiroz da Silva, Armando Gomes de Oliveira (tesoureiro), Roberto Roque Pires (engenheiro fiscal), respectivamente secretários de governo e engenheiros municipais; e somente a prisão preventiva dos empresários: Amália Lopes de Sousa, Almir Pereira de Sousa, Almir Pereira de Sousa Júnior e José Adécio Bezerra.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home