Ceará
Atualizado em: 12/08/2013 - 3:19 pm

MPF recomenda suspensão imediata de revalidação dos diplomas de médicos do exterior

MPF recomenda suspensão imediata de revalidação dos diplomas de médicos do exterior

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Universidade Estadual do Ceará (Uece) que suspenda imediatamente o andamento de todos os processos de revalidação de diplomas de médico expedidos por instituições de ensino do exterior. A medida atende solicitação da procuradora da República Nilce Cunha Rodrigues.

Ela recomenda, ainda, que a suspensão do processo de revalidação dure até que se apurem todas as irregularidades apontadas no inquérito.

Denúncias
O MPF apura denúncias de irregularidades no processo de revalidação dos diplomas obtidos em instituições de outros países. Um inquérito civil público sobre o caso está em tramitação no órgão e foi instaurado a partir de documentação recebida do Ministério Público do Estado do Ceará, com base em representação feita pelo Centro Acadêmico Joaquim Eduardo de Alencar, do curso de Medicina da universidade.

Irregularidades
De acordo com a procuradora da República, as irregularidades apontadas na representação “indicam fortes indícios de irregularidades”. “A administração deve zelar pelos princípios constitucionais da legalidade, moralidade, impessoalidade e transparência, dentre outros, evitando que venham a pairar quaisquer dúvidas ou suspeitas quanto à regularidade e lisuras de seus atos”, diz trecho da recomendação.

Com informações da assessoria



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.