Corrupção, Opinião, Presidência
Atualizado em: 31/08/2011 - 10:15 am

Deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF) recebe dinheiro público para bancar gastos de campanha; recursos que poderiam financiar a saúde. A parlamentar foi absolvida em processo de cassação.

Por Wanderley Pereira*

Pelo noticiário nacional, vimos que a presidente Dilma Rousseff quer saber de onde sairão os recursos para o governo aumentar os gastos com a saúde. A pergunta foi dirigida ao Congresso Nacional, que se mobiliza em torno da emenda 29, que tem exatamente essa preocupação com o caos em que se tornou a saúde pública neste País.

Aqui mesmo, em Fortaleza, vemos as pessoas morrendo à míngua no meio da rua, enquanto os médicos ameaçam uma mobilização, e as obras de postos de saúde iniciadas pela Prefeitura estão sumidas dentro do mato na periferia. Isso está inclusive no Barra Pesada desta quarta, através do quadro Chame o Barra, que foi acionado pela população revoltada contra tais situações.

Com os cofres públicos abarrotados de dinheiro arrecadado da alta carga de impostos, a presidente Dilma sabe muito bem de onde tirar os recursos para a saúde que virou uma humilhação para a população e os profissionais. E sabe ainda que pode tirar muito dinheiro dessa sangria diuturna dos escândalos com recursos públicos abocanhados por seus próprios aliados no Congresso, nos Estados e municípios, e por membros do governo que institucionalizaram a corrupção oficial.

Aqui mesmo no próprio Ceará tão carente de saúde pública, vemos o dinheiro que veio para o saneamento através de humildes banheiros domésticos ser transformado em moeda para troca de apoio político e para engordar o caixa de campanhas eleitorais, conforme está sendo apurado pelo Ministério Público Estadual. Já são 40 cidades enroladas no cobertor de mais esse escândalo, enquanto os secretários que conduziram todos os convênios e aprovaram os aditivos aparecem como verdadeiros anjos para não comprometer o governo.

A Câmara Federal sabe também onde estão os recursos para a saúde pública e que não precisa criar mais impostos para adquiri-los, como propõem os líderes governistas. Eles sabem muito bem disso porque absolveram com 265 votos a favor e 20 abstenções a deputada Jaqueline Roriz, do PNM de Brasília (na foto), que é mostrada em vídeo pela televisão, de forma chocante, recebendo os pacotes de dinheiro público. Eles sabem muito bem já que não querem as CPIs propostas pela oposição para mostrar onde foi parar o dinheiro.

Se a presidente Dilma está, de fato, tão preocupada em saber de onde retirar o dinheiro para ressuscitar a saúde pública asfixiada e morta pela sangria dos recursos públicos, que faça essa pergunta à população e não ao Congresso Nacional composto com os desvios do governo que recorreu a todos esses métodos ilícitos para lhe passar essa herança maldita que prossegue no seu governo.

*Wanderley Pereira é jornalista da TV Jangadeiro



1 comentário







1 comentário
Topo | Home


Maria Terzi Voltolino | quinta-feira setembro 1 2011 | 10:53

A Dilma deve tirar dinheiro dos Parlamentares que estão ganhando muito dinheiro, além das mordomias que têm e que só pensam neles, deixando o povo a ver navios e sem garantia nenhuma de ir e vir. Pobre cidadão brasileiro que não vê as Leis mudarem para a garantia e Segurança neste
País, já tomado pela corrupção e ladrões instalados no governo. Até quando o povo vai aguentar esses
Ladrões e a Dilma quer tirar dos pobres aposentados que ganham + de 3 salários mínimos.
É uma vergonha !