Corrupção
Atualizado em: 19/10/2011 - 10:05 pm

Ministro do Esporte, Orlando Silva

A base aliada da Câmara Federal permitiu que a Comissão de Fiscalização e Controle aprove, nesta quarta-feira (19), um convite para que o policial militar, João Dias Ferreira, e o motorista, Célio Soares Pereira, apresentem na Casa as acusações contra o ministro do Esporte, Orlando Silva.

O convite para os acusadores de Orlando aconteceu em uma sessão na qual havia apenas um governista na comissão, o petista José Mentor (PT-SP), que é suplente. Nem mesmo o líder do PCdoB, Osmar Júnior (PI), estava presente, apesar de ser titular no colegiado.

Oposição
A oposição aproveitou a ausência do gestor, pediu inversão de pauta e aprovou o convite formulado pelo líder do DEM, ACM Neto (BA), sem discussão. A falta de interesse dos aliados em proteger o ministro surpreendeu a oposição, que estudava até manobras regimentais para levar o policial ao Congresso de forma oficial.

Depois da votação, o PCdoB tentou minimizar o fato. Osmar afirmou que derrubar o convite era importante, mas não uma “questão de vida ou morte”“O convite não é correto, mas não temos preocupação com o que vai dizer ou fazer. Ele já vem falando com a imprensa e a oposição”, conclui.

O depoimento do policial e do motorista foi marcado para a semana que vem, no dia 26.

Michel Temer
O presidente em exercício, Michel Temer, considerou que o ministro do Esporte, Orlando Silva, tem sido firme em sua defesa e recomendou cuidado com pré-julgamentos. Temer esteve na abertura da Conferência Mundial sobre Determinantes Sociais da Saúde, promovida nesta quarta-feira (19) pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Leia mais:
Orlando Silva explica suposta participação em fraude

Ministro Orlando Silva é acusado de liderar fraude no Esporte

Nos jornais: Governo cobra de ONGs R$ 26,5 mi por desvios no Esporte

Oposição pede investigação de denúncia contra ministro do Esporte

Com informações do Estadão e da Agência Brasil



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.