Polêmica
Atualizado em: 10/07/2011 - 7:17 pm

A oposição vai pedir à Polícia Federal e à Procuradoria-Geral da República (PGR) que investiguem os contratos da Petrobras com a empresa Manchester Serviços Ltda, de propriedade do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Reprodução da capa do Estadão. Jornal denúncia fraude entre Petrobras e empresa de Eunício

Uma reportagem do Jornal O Estado de S. Paulo deste domingo (10) revelou que a empresa de Eunício Oliveira fraudou uma licitação da estatal de R$ 300 milhões. A publicação já havia denunciado que a Manchester assinou ainda contratos de R$ 57 milhões com a Petrobras sem licitação.

PF, TCU e PGR
E a polêmica deve repercutir durante a semana já que deputados e senadores da oposição afirmam que irão pedir abertura de inquérito da Polícia Federal, da Procuradoria Geral da República e uma auditoria dos contratos pelo Tribunal de Contas da União.

Além disso, deputados e senadores pretendem aprovar requerimento para ouvir as explicações do presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli e dos diretores da empresa de Eunício que fecharam o negócio.

Leia ainda:
Estadão: Empresa de Eunício Oliveira fraudou licitação de R$ 300 milhões na Petrobras 
Empresa de Eunício leva R$ 57 milhões da Petrobrás em contratos sem licitação
Em nota, Manchester rebate denúncia sobre fraude de R$ 300 milhões na Petrobras

Procuradoria
O PPS vai acionar a PGR (Procuradoria Geral da República) e pedir a abertura de um inquérito.

“Temos que acabar de uma vez por toda com essa prática criminosa envolvendo dinheiro público, fraudes e negócios particulares de políticos. A frouxidão do governo do PT nos últimos anos levou a essa situação. Chegamos a tal ponto que até parece normal, como se fosse um prêmio que políticos e partidos recebem por darem apoio ao governo. Está na hora de rompermos com isso, de dar um basta nessa farra com o dinheiro do contribuinte”, disse o líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno.

Reprodução do site do Estadão.com

Polícia Federal
O líder do PSDB na Câmara, deputado Duarte Nogueira, diz que vai pedir por meio de ofício ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que a Polícia Federal entre no caso.

“É preciso que haja investigação sobre essas denúncias e punição severa, se comprovadas a s irregularidades. A Petrobrás é um patrimônio do cidadão e não um feudo de um grupo ou de outro que quer tirar vantagem da coisa pública”, defendeu.

Tribunal de Contas da União
Já o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) afirmou que pedirá ao Tribunal de Contas da União (TCU) que faça auditoria especial nos contratos sobre as contratações sem licitação entre a empresa de Eunício Oliveira e a Petrobras.

Relembrando
Na semana anterior, uma reportagem publicada no jornal “O Estado de S. Paulo” afirmou que a Manchester fechou oito contratos com a estatal entre fevereiro de 2010 e junho de 2011 para o fornecimento de mão de obra terceirizada na Bacia de Campos, onde a Petrobras explora reservas de pré-sal no Rio de Janeiro. O valor dos contratos, todos feitos com dispensa de licitação, somam mais de R$ 57 milhões.

Agora, o jornal revelou que a empresa do senador Eunício Oliveira soube com antecedência, de dentro da Petrobras, da relação de seus concorrentes na disputa por um contrato de R$ 300 milhões na área de consultorias e gestão empresarial. De posse dessas informações, a Manchester procurou empresas para fazer acordo e ganhar o contrato.

Com informações da Folha e do Estadão.com



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.