Corrupção
Atualizado em: 19/10/2011 - 10:01 pm

Orlando Silva. Foto: Agência Brasil

O ministro do Esporte, Orlando Silva, afirmou nesta quarta-feira (19) durante audiência em duas comissões do Senado, que a Advocacia-Geral da União (AGU) vai impetrar uma queixa-crime contra o policial militar João Dias Ferreira e o motorista Célio Soares Pereira, que o acusam de desvio de recursos no programa Segundo Tempo.

“A justiça é o caminho para a contestação das calúnias que sofri. A própria Advocacia-Geral da União vai impetrar uma queixa-crime”, disse Orlando. A AGU é o órgão responsável por defender o governo federal em ações judiciais.

Ele destacou que optou por processar apenas os dois denunciantes e não a revista Veja, que veiculou a denúncia. Disse que pediu à revista para ter na próxima edição o mesmo espaço da matéria contrária a ele, mas não obteve resposta. Afirmou que a decisão de não publicar a revista ou o jornalista é porque defende a “imprensa livre”.

O ministro do Esporte, Orlando Silva, presta novo esclarecimento sobre as denúncias contra ele em audiência das comissões de Educação, Cultura e Esporte, e Meio Ambiente e Fiscalização do Senado, na tarde desta quarta-feira (19).  Orlando afirmou que pretende encerrar nesta semana as explicações sobre as denúncias feitas contra ele.

“Vou encerrar essa semana todas as explicações necessárias para desmascarar as farsas publicadas no último final de semana. Tenho agenda de trabalho para cumprir e já dediquei tempo para rechaçar as falsidades”, disse o ministro.

Leia mais:
Orlando Silva explica suposta participação em fraude

Ministro Orlando Silva é acusado de liderar fraude no Esporte

Nos jornais: Governo cobra de ONGs R$ 26,5 mi por desvios no Esporte

Oposição pede investigação de denúncia contra ministro do Esporte

Com informações do Estadão



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.